Plano SP | Governo estende fase de transição e cancela relaxamento da quarentena

Continua em vigor o horário de funcionamento para o comércio e serviços das 6h às 21h, com taxa de 40% de ocupação e toque de recolher das 21h às 5h

A fase de transição do Plano São Paulo foi prorrogada, até o dia 14 de junho, em todo o estado, pelo governador João Doria (PSDB), nesta quarta-feira (26). Com a decisão, fica suspenso o relaxamento da quarentena que estava previsto para ocorrer a partir do dia 1º de junho. 

O anúncio foi feito pelo governador em coletiva de imprensa, realizada no Palácio dos Bandeirantes. De acordo com Dória, a flexibilização das medidas restritivas foi repensada devido ao avanço da pandemia da Covid-19 em todo o estado. “Os indicadores da Pandemia recomendam cautela neste momento e é a cautela que nós estamos adotando”, disse.

Desta forma, continua em vigor o horário de funcionamento para o comércio e serviços das 6h às 21h, com taxa de 40% e ocupação e toque de recolher das 21h às 5h, assim como a recomendação de teletrabalho para atividades administrativas não essenciais e escalonamento de horários para entrada e saída de trabalhadores do comércio, serviços e indústrias.

Ribeirão Preto 

Apesar do anúncio, Ribeirão Preto adotou medidas mais restritivas para conter o avanço da doença na cidade. Na última segunda-feira, o prefeito Duarte Nogueira, anunciou lockdown com início previsto para esta quinta-feira (27), a partir da 00h01

De acordo com as medidas, escolas (estaduais, municipais e particulares), transporte coletivo e comércio não poderão funcionar. Ao contrário do primeiro lockdown da cidade, realizado em março, indústrias e agências bancárias poderão funcionar, além dos serviços essenciais. Além disso, ficam proibidas as reuniões de pessoas nas ruas e segue mantido o impedimento da circulação de pessoas entre 21h e 5h.

Nenhuma postagem para exibir