Doria faz reclassificação do Plano SP e Ribeirão Preto pode ir para a zona vermelha

Nova atualização acontece nesta sexta-feira (22), no Palácio dos Bandeirantes, sede oficial do governo paulista

Governador de São Paulo João Dória durante o anúncio das novas fases do Plano SP - foto: Divulgação
Continua depois da publicidade

O governo de São Paulo confirmou uma nova reclassificação do Plano SP nesta sexta-feira (22), após uma semana de piora nos indicadores da Covid-19 no Estado, e Ribeirão Preto pode regredir para a fase vermelha no Plano de reabertura e flexibilização da quarentena.

As regiões podem ser rebaixadas para fases mais restritivas da quarentena quando apresentam grande aumento semanal de novas internações, mortes, casos ou taxa de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Números de leitos

A ocupação dos leitos de UTI em Ribeirão Preto, segundo a plataforma LeitosCovid.Org, é de 80,12%, o que representa 129 leitos ocupados em um total de 161. 91 respiradores estão sendo utilizados.

Sobre os leitos de enfermaria, a ocupação é de 77,58%, o que representa 128 leitos ocupados em um total de 165. Dois respiradores estão sendo utilizados.

Boletim Epidemiológico

Foram confirmados 43.435 casos de Covid-19 em Ribeirão Preto, com 1.012 óbitos notificados e 38.558 pacientes recuperados da doença no município.

Em novembro, a quantidade diária de novos casos ficou na casa dos cem casos por dia. Em dezembro, esse índice já supera os 157 por dia e, em janeiro, se aproxima dos 190. A tendência, entretanto, é que os números subam ainda mais – os boletins dos últimos três das apresentaram números perto de 300 casos.

Atualmente, Ribeirão Preto está classificada como fase laranja do Plano São Paulo.

Nenhuma postagem para exibir