Vídeo | Manifestantes se reúnem a favor do governo Bolsonaro em Ribeirão

Bolsonaristas se encontraram no cruzamento entre as avenidas Presidente Vargas e João Fiúsa, na manhã desta terça-feira (7); movimento faz parte de protestos que ocorrem em todo o País

A estimativa é de que ao menos 1,5 mil pessoas participam do ato a favor do presidente Foto: Luan Porto / Revide

Manifestantes se reúnem mais uma vez a favor do governo Bolsonaro em Ribeirão Preto, na manhã desta terça-feira (7). Os grupos se encontraram no cruzamento entre as avenidas Presidente Vargas e João Fiúsa e também na rua Duque de Caxias, em frente à sede da Quinta Circunscrição de Serviço de Serviço Militar. 

A estimativa é de que ao menos 1,5 mil pessoas participam do ato a favor do presidente nesta manhã. Vestidos com a camisa verde e amarela, das cores da bandeira do Brasil, os manifestantes pedem o fechamento do Congresso Nacional e do Supremo Tribunal Federal (STF). 

“Liberdade, principalmente contra os abusos contra a liberdade de expressão. Os posicionamentos e prisões efetuadas, principalmente pelo ministro Alexandre de Morais contra os militantes que se posicionaram contra o STF. A outra grande pauta é a insegurança jurídica que o STF tem trazido ao Brasil. Esses posicionamentos efetivamente trazem insegurança jurídica, portanto uma desestabilização econômica. Logo, é também uma forma de apoio ao presidente Jair Bolsonaro”, disse o cientista político Marcos Paulo Candeloro.

O movimento começou por volta das 10h, quando os manifestantes saíram em direção ao cruzamento da Vargas com a Fiúsa. A Guarda Civil Metropolitana e a Polícia Militar estão no local e acompanham o protesto. 

Já no centro da cidade, na praça Sete de Setembro, manifestantes protestam contra o governo Bolsonaro. De acordo com a Polícia Militar, entre 600 e 800 pessoas estão reunidas no local. O Corpo de Bombeiros acompanha a ação. 

Pelo Brasil 

A manifestação desta terça-feira faz parte de um movimento que tem ocorrido em todo o país a favor do governo Bolsonaro. Em Brasília, o protesto ocorre na Esplanada dos Ministérios, no Distrito Federal, desde a noite desta segunda-feira (6), quando um grupo de apoiadores do governo Bolsonaro furaram o bloqueio montado pela Polícia Militar.

Em vídeos que circulam nas redes sociais, diversas pessoas aparecem furando a barreira de proteção com carros e caminhões. Logo após, os manifestantes partiram em direção à Esplanada. A Polícia Militar não resistiu à tentativa e nenhum registro de disparos foi realizado. 

Em nota, a Polícia Militar negou ser conivente com a invasão do grupo. Em acordo entre a organização e os órgãos de segurança, o grupo deveria entrar no local apenas a partir das 23h, de forma organizada. A PM informou ainda que os grupos que entraram na Esplanada foram retirados.

Nenhuma postagem para exibir