Cidade onde mais se morre por covid em SP, Ribeirão supera 800 mortes causadas pela doença

Cidade supera 112 mortes por cada cem mil habitantes; total de casos se aproxima dos 30 mil

Exame de Covid-19 realizado em escola - Foto: Agência Brasil

Ribeirão Preto chegou, nesta quinta-feira (15), nove novas mortes por covid-19, atingindo o total de 806 óbitos causados por covid-19. Os dados foram divulgados pela prefeitura da cidade e mostram ainda o registro de 136 novos casos da doença. No total, foram 29,4 mil casos positivos. Outros 1,3 mil exames aguardam resultado.

Os óbitos notificados no boletim desta quinta-feira ocorreram entre os dias 10 de setembro e 13 de outubro. Todos os pacientes possuíam comorbidades, sendo a mais nova uma mulher de 43 anos e a mais velha uma mulher de 86.  Foram cinco mortas e cinco mortos.

O dado foi divulgado no mesmo dia em que um estudo mostrou que a cidade é a que mais registra mortes por cem mil habitantes em todo o Estado de São Paulo, considerando-se cidades com mais de 500 mil habitantes. O índice supera os 112 mortos por cem mil.

Leitos

Quanto à ocupação dos leitos, segundo a plataforma leitoscovid.org, atualizada às 18h desta quinta-feira, a ocupação em leitos de Unidade de Terapia Intensiva era de 55,1% dos 186 leitos.

Já na enfermaria, a ocupação beirava os 65% de um total de 220 leitos disponíveis na cidade.

Perfil das mortes

Nenhuma postagem para exibir