Justiça determina interdição do CAIC Antônio Palocci

Medida vale até que o prédio tenha toda a rede elétrica reformada

Foto: Reprodução Google Street View.

A Justiça de Ribeirão Preto determinou na tarde desta quarta-feira (10) a interdição do CAIC (Centro de Atenção Integral à Criança e ao Adolescente) Antônio Palocci, no Jardim José Sampaio, zona Norte de Ribeirão Preto. O pedido partiu do Ministério Público, após um relatório constatar problemas estruturais na unidade, que poderiam prejudicar a segurança dos alunos.

De acordo com a liminar, a interdição vale até que o prédio tenha toda a rede elétrica reformada e, no prazo de 15 dias, os estudantes do local devem ser “transferidos para outras unidades escolares próximas de suas residências, ou para espaço físico adequado e compatível”.

No documento também é imposta uma multa diária de R$ 10 mil, no caso de descumprimento. “Trata-se de escola municipal sem condições de adequado funcionamento em razão do comprometimento de sua rede elétrica.”

Na manhã desta quarta-feira (11), a repórter Desirée Teixeira esteve na escola e mostrou que, mesmo com a decisão e a greve instaurada pelos servidores municipais, parte dos alunos continua tendo aulas.

Questionada, a Prefeitura informou que a Secretaria da Educação já foi notificada e tomará todas as medidas cabíveis.


Nenhuma postagem para exibir