Polícia investiga morte de criança de 5 anos que caiu de escada e morreu após socorro na região

Alice Taveira Gomes Santana Irineu passou por atendimento no Pronto Socorro Infantil e na Santa Casa

A pequena Aline não resistiu aos ferimentos - Foto: Redes Sociais

Inquérito da Polícia Civil foi instaurado para averiguar causas da morte de Alice Taveira Gomes Santana Irineu, 5. Ela sofreu um acidente doméstico na casa dela, em Franca, após cair da escada durante a noite, nesta semana. Ao passar mal, a mãe levou a menina para passar por atendimento no Pronto Socorro Infantil e deu entrada na unidade por volta da 1h desta terça-feira (21). A menina teve um corte próximo ao olho e ainda fraturou o braço.

Como o Pronto Socorro Infantil não tem como realizar exame de raio-x, foi feito pedido para a criança ser submetida ao exame na Santa Casa de Franca. A prescrição médica do plantonista era para ser realizado raio-x de crânio, braço e mão. Na unidade hospitalar especializada, havia a demanda para que um médico ortopedista avaliasse Alice.

A menina chegou a ficar por três horas em observação até que fosse encaminhada para os exames e análise do ortopedista. Na Santa Casa de Franca, ela deu entrada às 4h e após uma hora de atendimento, foi direcionada para voltar ao Pronto Socorro para continuidade dos procedimentos.

O secretário municipal de saúde, José Conrado Netto, explicou que após o atendimento na Santa Casa, a menina e a mãe voltaram para casa. “Segundo a mãe da criança, elas foram liberadas às 5h. Segundo a mãe, a criança estava chorosa, com dor e então ela medicou em casa com dipirona e neste momento parece que ela desmaiou. Ligou para o pai ir ajudar, mas demorou uns 40min até chegar no PSI. Deu entrada já (em) parada. No PSI foram feitas muitas manobras para a ressuscitação, mas todas sem sucesso”, informou Netto.

Santa Casa

A Santa Casa foi questionada sobre quais foram os resultados apontados nos exames feitos e qual tipo de orientação a família recebeu após ter passado por atendimento especializado. A assessoria de imprensa do hospital está apurando as informações para repassar logo mais.

As primeiras informações repassadas pelo Grupo Santa Casa especificam os horários do atendimento realizado. “A paciente Alice Taveira Gomes Santana Irineu, de 5 anos, antes de ser enviada para a Santa Casa de Franca, foi previamente avaliada pelo médico no Pronto Socorro Infantil Municipal – sendo encaminhada posteriormente para a Santa Casa, dando entrada na instituição no dia 21 de julho, terça-feira, à 04h11 para avaliação ortopédica devido à constatação de fratura”, explicou em nota.
 
A Polícia Civil em Franca ainda vai ter acesso aos exames e colher depoimentos para averiguar se houve algum erro de procedimento. A Perícia Criminal também será acionada para verificar provas materiais que causaram a morte da menina. Para a família de Alice, houve a dor da morte da criança e aguarda-se apuração.
 
Conteúdo: f3 Notícias

Nenhuma postagem para exibir