Justiça manda soltar casal acusado de molestar bebê de um ano na região

Caso ocorreu em agosto em Dourado, na região de São Carlos; caso segue sendo investigado

Foto: PixaBay.

A Justiça de Dourado libertou, nesta quinta-feira (24), o casal acusado de abusar sexualmente de uma criança de apenas 1 ano e dois meses em Ibaté. Eles estavam preso desde 26 de agosto. O casal tinha sido preso a pedido do delegado Reinaldo Lopes Machado, que solicitou a prisão preventiva por 30 dias. O mesmo delegado havia pedido a prorrogação da medida cautelar, mas não foi atendido.

Apesar disso, o delegado afirmou que tem convicção da culpa do casal no abuso sofrido pela criança. “O laudo é bastante minucioso, ele inclusive descarta acidente doméstico e aponta realmente que a criança sofreu abuso sexual”, disse o policial, em entrevista ao portal São Carlos Agora.

Ainda de acordo com o delegado, a babá cuidava da criança desde o começo do ano. “A criança esteve aos cuidados da babá o dia todo. Das primeiras horas do dia até as 15h. Somente quem esteve com a criança foi a babá e o seu esposo”, disse.

Já Bruno Valencizi, que defende o marido da babá, declarou que não há indícios que liguem seu cliente ao abuso sexual. “A lei prevê que a prorrogação só acontecerá em caso de extrema e comprovada necessidade. No caso o magistrado entendeu que não estavam presentes esses requisitos, razão pela qual, passando o prazo de 30 dias o réu foi imediatamente colocado em liberdade”, disse, também em entrevista ao portal São Carlos Agora.

O caso

Uma matéria publicada pelo Grupo Thathi no dia 20 de agosto divulgou o início das investigações da Polícia Civil contra um casal suspeito de abusar sexualmente de uma criança de uma ano de idade em Dourado, no interior de São Paulo.

No dia da denúncia, 19 de agosto, a bebê teria passado o dia com a cuidadora, pois os pais trabalham. Em depoimento para a polícia, a babá e o marido negaram as acusações, afirmando ainda que a repercussão do caso está resultando em ameaças contra o casal.

Nenhuma postagem para exibir