Polícia Civil investiga caso de estupro envolvendo bebê de um ano em cidade da região

Segundo informações, o caso teria ocorrido na última terça-feira (11), mas somente nesta quarta-feira (19) um laudo do IML comprovou que houve violência sexual

Imagem ilustrativa de uma viatura da Polícia Civil - Foto: Lúcio Mendes

A Polícia Civil investiga um possível caso de estupro envolvendo um bebê de um ano em Dourado, região de São Carlos. Segundo informações, o caso teria acontecido na última terça-feira (11), mas somente nesta quarta-feira (19) saiu o laudo do Instituto Médico Legal (IML), que comprovou a violência sexual.

No dia da denúncia, a bebê teria passado o dia com a cuidadora, pois os pais trabalham. Em depoimento para a polícia, a babá e o marido negaram as acusações, afirmando ainda que a repercussão do caso está resultando em ameaças contra o casal. 

O pai da vítima contou aos policiais que foi buscar a criança, e a mesma não parava de chorar. Com a chegada da mãe, ambos decidiram levar a filha ao pronto-socorro da cidade, onde foi constatado por um médico ferimentos na região íntima da bebê, que foi encaminhada para a Santa Casa de São Carlos.

No hospital, o corpo clínico concluiu que não havia acidente, mas sim fortes indícios de abuso sexual. A criança então foi submetida aos exames do IML, que comprovou o crime.

Segundo informações, foi recolhido uma amostra de material genético, mas para a polícia ainda existe uma incerteza sobre o reconhecimento do estuprador através da amostra recolhida. Diversas pessoas já foram ouvidas, e o inquérito deve ser concluído em aproximadamente 30 dias. 

Nenhuma postagem para exibir