Homem que colidiu com mulher grávida de seis meses e fugiu sem prestar socorro se apresenta à delegacia

Motorista era um idoso, 65, que confessou estar transtornado pois já havia se envolvido em um acidente semelhante; devido à colisão, vítima perdeu o bebê

Foto: Divulgação / Governo de São Paulo

Quase duas semanas após colidir o carro com uma gestante de seis meses e fugir sem prestar socorro, motorista se apresentou, na manhã desta quarta-feira (13), na central de Polícia Judiciária Norte, no Jardim Paulista, em Ribeirão Preto. O acidente ocorreu no dia 2 de maio e resultou na morte do bebê da vítima. 

O motorista, um idosos, 65, compareceu na delegacia acompanhado por um advogado. Aos agentes, o homem confessou ter sido o responsável pela colisão com Geane, 33, e disse que não parou o carro, pois estava transtornado e já havia se envolvido em outro acidente parecido.

Geane estava grávida de seis meses quando o acidente aconteceu. Ela vinha pela Avenida Costa e Silva em sua moto, quando o idoso avançou em direção à Rua Fernão Sales, sem respeitar a sinalização. Sem tempo para frear a motocicleta, a mulher colidiu com o veículo, o homem foi embora sem prestar socorro e a mulher perdeu o bebê.

Veja no vídeo abaixo o momento do acidente. 

Após o ocorrido, moradores que presenciaram o acidente divulgaram vídeos em suas redes sociais para encontrar o dono do veículo. Segundo a Polícia Civil, por meio das características, os agentes encontraram o carro estacionado em um condomínio na rua Javari, no Ipiranga. O condutor havia sido identificado, porém, não foi localizado até comparecer à delegacia na manhã desta quarta-feira.

Aos investigadores, o idoso disse que voltava pra casa e teve a visão prejudicada por entulhos que estavam no local, ocasionando a batida. Após o acidente, ele foi embora. 

O delegado responsável pelo caso instaurou um inquérito para os crimes de acidente de trânsito com vítima grave, fuga de local e omissão de socorro. O suspeito foi ouvido e liberado. 

Nenhuma postagem para exibir