Vídeo | Dono de cão que matou gato em Ribeirão Preto é preso pela Polícia Civil

No vídeo, gravado no dia 13 de julho, o homem narra seu cachorro estraçalhando um gato, que perde a vida

Momento em que o homem deixa o camburão da Polícia Civil - foto: Reprodução Record TV

O responsável pela gravação de um vídeo onde um gato é morto brutalmente por um cachorro foi preso na noite de ontem, quarta-feira (23), após investigações da Polícia Civil.

O indivíduo estava em um posto de combustíveis, quando foi encontrado pela DISE, da Polícia Civil. De acordo com os policiais, o homem culpa sua ex-companheira pela divulgação do vídeo.

Segundo o delegado responsável pela prisão do homem, o mesmo tinha mandado de prisão devido um crime de violência doméstica e também era investigado pelo crime de maus tratos.

Em entrevista à repórter Ludmila Osório, da Record TV, o homem diz que não irá falar a respeito do vídeo, e que foi uma fatalidade. “Não tenho nada para declarar não. Estou sendo preso por outro B.O”, disse.

Histórico

Na noite do dia 13 de julho, o homem publicou um vídeo onde aparece seu cachorro, da raça Bull Terrier, atacando um gato de rua, provocando a morte do mesmo.

O cachorro chega a colocar a cabeça inteira do gato dentro da boca. É possível ouvir o barulho dos ossos cranianos do gato sendo quebrados pela força das mandíbulas.

Uma protetora dos animais chegou a registrar dois boletins de ocorrência denunciando o caso de maus tratos.

“A reação é de revolta. Não tem lógica uma pessoa fazer essa tremenda crueldade e ainda narrar a morte de outro animal. Fiquei indignada e quero que o responsável seja punido. Isso não pode acontecer”, conta Regina Maria da Silva, a protetora que registrou os boletins de ocorrência.

O homem está sujeito a uma pena de até três anos e quatro meses de detenção, além de multa.

Nenhuma postagem para exibir