BAEP e Gaeco cumprem mandados contra facção criminosa em Ribeirão Preto

A investigação revelou que os criminosos abastecem pontos de tráfico em áreas nobres da cidade, disponibilizando estojos com drogas, isqueiro e outros materiais para o consumo dos usuários

Foto: Rede social
Continua depois da publicidade

Uma força-tarefa envolvendo o BAEP e o Gaeco cumpre 15 mandados de prisão e 22 de busca nesta terça-feira (26), em Ribeirão Preto. Segundo o Ministério Público, os alvos são suspeitos de integrar uma facção criminosa que atua dentro e fora dos presídios.

A medida acontece dias depois de o Grupo Thathi revelar que facções criminosas da cidade estão se armando para uma guerra na cidade.

A investigação revelou que os criminosos da facção abastecem pontos de tráfico em áreas nobres de Ribeirão Preto, disponibilizando estojos com drogas, isqueiro e outros materiais para o consumo dos usuários.

A investigação também concluiu que os criminosos também estabeleceram uma rede de distribuição de drogas na cidade, no bairro Jardim João Rossi. O grupo conta com uma estrutura de vigilância para impedir ações policiais, como olheiros e dispositivos de comunicação.

Batizada de Garateia, a operação contou com dez promotores de Justiça, agentes do Ministério Público e mais de 100 policiais, além de 31 viaturas, do helicóptero Águia e do canil da Polícia Militar.

Os mandados foram expedidos pela 3ª Vara Criminal de Ribeirão Preto, no âmbito de investigações de organização criminosa, tráfico de drogas e lavagem de dinheiro.

Nenhuma postagem para exibir