Morre cabo do Corpo de Bombeiros que caiu de guindaste em Jardinópolis

Wallace Lima Valesi faleceu na noite desta quarta-feira (13), após não resistir aos ferimentos do acidente que ocorreu no dia 20 de setembro; ele deixa esposa e filho

Cabo Wallace Valesi com esposa e filho de três meses Foto: Rede social

Morreu na noite desta quarta-feira (13), Wallace Lima Valesi, cabo do Corpo de Bombeiros que ficou ferido após cair de um guindaste no dia 20 de setembro, em Jardinópolis. Ele deixa esposa e um filho de três meses. 

Valesi estava internado na Unidade de Emergência do Hospital das Clínicas (HC-UE), onde precisou passar por cirurgia após a queda e teve uma perna amputada. Durante o tratamento, amigos e familiares do cabo chegaram a fazer campanhas de doação de sangue, mas o homem não resistiu à gravidade dos ferimentos e morreu. 

Em nota, a Polícia Militar do Estado de São Paulo (PMESP), por meio do 9º Grupamento de Bombeiros, confirmou a morte de Valesi. De acordo com a corporação, não haverá nenhum tipo de cerimônia ou velório, a pedido da família. O corpo do cabo será cremado.

“O Cb Wallace tinha 12 anos de serviços prestados a Policia Militar do Estado de São Paulo, deixa sua esposa e um filho de 3 meses. Em sua memória, continuaremos nossa missão, servindo e protegendo a sociedade paulista. Proteger as pessoas é a nossa missão”, disse.

Acidente 

O acidente, que ocorreu enquanto Valesi cortava eucaliptos em um condomínio de Jardinópolis matou ainda o cabo Gustavo Roberto Ciampaglia, 43, que faleceu no local. Os bombeiros trabalhavam durante a folga, quando a queda do guindaste ocorreu. 

Valesi e Ciampaglia utilizaram um guindaste para cortar uma das árvores, quando uma parte do aparelho caiu. Uma testemunha chegou a relatar que derrubou ainda fios de energia e quebrou dois postes. As vítimas ficaram presas embaixo dos escombros. 

O Corpo de Bombeiros e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foram acionados e socorreram os homens. O cabo Gustavo Roberto Ciampaglia morreu no local, já Wallace Lima Valesi foi socorrido em estado grave para a Unidade de Emergência do HC de Ribeirão, onde permaneceu internado.

Nenhuma postagem para exibir