Via do Parque Ribeirão sofre com buracos e praça com escorpiões

Segundo moradores, Prefeitura ignora reclamação que dura há mais de um mês; praça também tem brinquedos quebrados e entulhos

No dia 29 de julho, a equipe de reportagem do Grupo Thathi fez uma matéria sobre a presença de escorpiões em uma praça pública no Parque Ribeirão Preto. Quase um mês depois o problema continua. Os animais fazem parte do local, no cruzamento das ruas das ruas Cruz e Souza e Eugênio Casilo.

Além dos escorpiões, os moradores da região reclamam dos brinquedos infantis que estão em péssimas condições e da falta de limpeza da praça. Na via em frente da praça, há buracos que foram apenas sinalizados pela Prefeitura, mas não recapeados.

Prefeitura realizou sinalização de solo, mas não o recapeamento em rua do Parque Ribeirão. Foto: Désirée Teixeira

O morador Manoel Ferreira disse que sempre encontra escorpiões na praça e por isso o lugar foi batizado de Praça do Escorpião. “É  uma brincadeira essa praça. Agora virou a Praça do Escorpião. Se for contar a quantidade que achei, dá uns 15. Até agora a praça está aí, com ferragens e escorpiões aparecendo. Não vai demorar mudarmos o nome para Praça da Morte.

Em nota, a Prefeitura informou que a equipe da Divisão de Vigilância Ambiental em Saúde foi ao local e não encontrou focos de larvas de pernilongos e nem escorpiões durante a vistoria.

Ainda de acordo com a nota, a Coordenadoria de Limpeza Urbana disse que está programada uma ação de limpeza no local para a primeira quinzena de setembro. Já sobre os brinquedos, a secretaria da Infraestrutura fará uma vistoria no local. Em relação ao buraco, a pasta irá programar o reparo.  

No vídeo abaixo, Manoel Ferreira mostra um escorpião. Segundo ele, o animal havia subido no chinelo do morador, que estava no banco da praça, há dois dias.