Sem equipe médica para suprir o atendimento da Covid-19, HC recebe reforço de funcionários da Prefeitura

Ao todo, 20 funcionários foram cedidos por dois meses pela Secretaria da Saúde de Ribeirão Preto

Hospital das Clínicas na unidade campus da USP - Foto: Gilberto Marques

Devido a falta de equipe médica para o combate à Covid-19 no Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto, a Prefeitura Municipal, através da Secretaria da Saúde, cedeu 20 funcionários, entre enfermeiros, técnicos de enfermagem e auxiliares de enfermagens para completar as vagas do Hospital da Faculdade de Medicina da USP.

Em uma matéria publicada pelo Grupo Thathi no dia 28 de junho, foi denunciada a falta de funcionários no hospital. Na época, a ocupação dos leitos de UTIs (Unidade de Terapia Intensiva) registrava 95,2%, e, devido a contaminação, profissionais da saúde tiveram que ser afastados, mas nunca tiveram suas vagas preenchidas. 

Durante uma entrevista exclusiva realizada no mesmo período, Benedito Maciel, superintendente do HC, confirmou a falta de profissionais, e afirmou que Ribeirão Preto teria mais vagas disponíveis se a equipe médica tivesse um número maior de profissionais da saúde. “Estamos fazendo um remanejamento de médicos de outras especialidades para dar apoio nessas áreas, mas precisamos de médicos que tenham treinamento específico em terapia intensiva para ser incorporados. Estamos em buscas dessas contratações. O mesmo em relação ao pessoal de enfermagem”, afirmou. 

A Prefeitura Municipal informou, através de uma nota oficial, que 20 profissionais de enfermagem foram cedidos ao Hospital das Clínicas durante o tempo de dois meses. A determinação, de acordo com a Secretaria de Saúde, viabilizará novos 10 leitos de UTI para o tratamento da Covid-19. A Prefeitura ainda informou que a determinação não acarretará na falta de funcionários.

Um pedido de nota foi direcionado ao Hospital das Clínicas, mas o mesmo ainda não se manifestou sobre o assunto. Caso o mesmo se manifeste, a matéria será atualizada. 

Boletim Epidemiológico

Segundo os dados do último Boletim Epidemiológico divulgado pela Secretaria da Saúde Municipal ontem, terça-feira (7), Ribeirão Preto possui, desde o início da pandemia, 6.288 casos positivos de Covid-19. 

Em relação ao número de mortes, a cidade agora soma 196 óbitos decorrentes da contaminação do novo Coronavírus. 

Principais medidas de prevenção da Covid-19

Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar álcool gel 70%.  

Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.  

Evitar contato próximo com pessoas doentes.  

Ficar em casa quando estiver doente.  

Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo. 

Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência.  

Manter o ambiente limpo e arejado.  

Evitar aglomerações ou locais com muitas pessoas. 

Manter sempre que possível a distância de pelo menos dois metros de qualquer pessoa em ambientes coletivos. 

Seguir todas as orientações das autoridades públicas quanto à restrição de movimentação e contato com outras pessoas. 

Quando as atividades escolares estiverem suspensas, as crianças deverão permanecer em casa, ou seja, não frequentar outras áreas coletivas.

Nenhuma postagem para exibir