Wesley, atacante revelado pelo Botafogo-SP, vai defender o Água Santa até o final de 2022

No final de 2020, Wesley foi condenado pelo crime de violência doméstica

O Água Santa, comandado pelo técnico Sérgio Guedes, anunciou mais um reforço para a disputa do Paulistão de 2022. A novidade é o atacante Wesley Pionteck, revelado pelo Botafogo, de Ribeirão Preto, que assinou contrato com o Netuno até fim do Estadual, com opção de renovação até o final da próxima temporada.

Wesley foi revelado nas categorias de base do Botafogo, de Ribeirão Preto, onde foi vice-campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2015. Na sequência, o atacante foi negociado com o Santos.

Dois anos depois, Wesley retornou ao time de Ribeirão Preto e disputou a Série A1 do Paulista e Série C do Brasileiro. Após as competições, o atacante foi contratado pelo Bragantino, onde se destacou e sagrou-se campeão da Série B do Brasileiro de 2019.

No total, disputou 45 jogos com a camisa do Massa Bruta, onde marcou nove gols e deu quatro assistências. O último clube de Wesley foi o Vitória, onde atuou 15 jogos na série B do Campeonato Brasileiro. A última vez em que esteve em campo foi no dia 22 de setembro, na partida contra o Coritiba.

Histórico

No final de 2020, Wesley foi condenado pelo crime de violência doméstica, e atualmente cumpre pena em regime aberto pelos crimes de agressão a sua ex-companheira, violências essas na qual o réu é confesso.

Na época, a diretoria do Botafogo decidiu manter a contratação do atacante mesmo após a repercussão negativa nas redes sociais. A decisão foi contestada por torcedores, “imagina o orgulho que o Sócrates estaria agora. E os fascistas usando o nome do cara” disse torcedor, na página oficial do clube durante o ocorrido.

Nenhuma postagem para exibir