Trending Thathi | Pouso forçado de jatinho com Neymar Jr. e prisão do ex-ministro Milton Ribeiro movimentam a web

Confira quais foram os assuntos mais comentados por internautas nesta última semana

Neymar Jr em seu avião particular - foto: Rede social

Sábado chegou e, novamente, estamos aqui para trazer os assuntos que mais foram comentados pelos internautas nesta última semana. Entre eles, temos o retorno da cantora e compositora norte-americana Beyoncé com seu mais novo single, denominado “Break my Soul”, e o polêmico caso envolvendo o influenciador Luva de Pedreiro e seu empresário, Allan de Jesus. Abaixo, confira um resumo de cada tópico:

Pouso forçado de jatinho com Neymar e cia

Na manhã desta terça-feira (21), o jatinho em que o jogador de futebol Neymar Jr. viajava precisou fazer um pouso de emergência em Boa Vista, Roraima. A aeronave saiu de Miami, nos Estados Unidos, e realizou o pouso de emergência por precaução, após o piloto notar um problema no para-brisa. Além do jogador, camisa 10 da seleção brasileira e do PSG, Bruna Biancardi e Rafaella Santos também estavam presentes no voo, que tinha como destino o Rio de Janeiro. Através de um vídeo publicado em seu Instagram, Neymar disse que, apesar do susto, estava tudo bem e ninguém ficou ferido.

Comeback de Beyoncé

Beyoncé durante ensaio de divulgação do novo single – foto: Rafael Pavarotti/Vogue

A cantora e compositora norte-americana Beyoncé movimentou a web com o lançamento do seu novo single, “Break My Soul”, nesta terça-feira (21). Este é o primeiro projeto solo da artista após o lançamento do tão aclamado álbum “Lemonade”, lançado em abril de 2016. A faixa liberada pela artista nesta semana marca o início da era “Renaissance”, novo disco previsto para chegar ao mercado no dia 29 de julho.

Prisão de Milton Ribeiro e o escândalo no MEC

Cerimônia de posse do ministro da Educação, Milton Ribeiro – foto: Agência Brasil

O ex-ministro da Educação Milton Ribeiro foi preso pela Polícia Federal em operação batizada como “Acesso Pago”, que investiga a prática de tráfico de influência e corrupção na liberação de verbas do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), órgão que possui ligação com o MEC. A prisão aconteceu em Santos, no litoral paulista, nesta quarta-feira (22). Ribeiro é investigado por suspeita de corrupção passiva, prevaricação, advocacia administrativa e tráfico de influência. De acordo com a defesa do ex-ministro, “inexiste razão para a prisão preventiva editada”, e que a “custódia é injusta, desmotivada e indiscutivelmente desnecessária”. Na quinta-feira (23), Milton Ribeiro foi liberado após um habeas corpus do desembargador Ney Bello, do Tribunal Regional Federal da 1° Região. Além dele, outras quatro pessoas detidas na operação também foram liberadas.

Copa do Brasil

Foto: Divulgação

Nesta quarta-feira (22) e quinta-feira (23), tivemos os primeiros jogos das oitavas de finais da Copa do Brasil. Na quarta, Corinthians goleou o rival Santos por 4×0 na Neo Química Arena, em Itaquera. Também nesta data, o Fortaleza venceu o Ceará por 2×0, e o Bahia perdeu de 2×1 para o Athlético-PR. Flamengo e Atlético-MG também fizeram um grande jogo no Mineirão, partida que encerrou 2×1 para os donos da casa. Já na quinta-feira, o São Paulo venceu o Palmeiras por 1×0 em jogo realizado no Morumbi. No mesmo dia, em jogo realizado no Maracanã, o Fluminense venceu o Cruzeiro por 2×1. Os jogos de volta das oitavas de finais ocorrerão nos dias 13 e 14 de julho.

Caso Luva de Pedreiro

Luva de Pedreiro e o empresário Allan de Jesus – foto: Rede social

Revelações feitas pelo jornalista Léo Dias envolvendo o influenciador digital Iran Ferreira, conhecido como “Luva de Pedreiro”, e o empresário Allan de Jesus chocaram a internet nesta semana. Após realizar uma transmissão ao vivo e demonstrar insatisfação com os gestores de sua carreira, foi divulgado que o influenciador foi impedido de realizar campanhas gigantes envolvendo marcas como a Nike e o jogador Cristiano Ronaldo. O influenciador baiano, entretanto, nem chegou a saber dessas propostas. Além disso, os novos empresários do influenciador disseram que o mesmo possui, somando suas duas contas bancárias, o valor aproximado de R$7.500, mesmo depois de assinar um contrato milionário com a plataforma de streaming Amazon Prime Video. Através de uma nota, o empresário afirmou que as informações divulgadas são “levianas” e que foram “apuradas de forma seletiva”. O agente ainda revelou que possui contrato com o Luva de Pedreiro até 2026, e a quebra do mesmo resultaria em uma multa de R$ 5,2 milhões.

Nenhuma postagem para exibir