Ano de eleição também na Itália, e você pode votar!

Descendentes de italianos registrados no consulado podem eleger representantes no parlamento.

Lorenzato no Thathi Cidade
Ribeirão-pretano é deputado italiano, representando a América do Sul.

O parlamento italiano elege em 25 de setembro seus novos representantes. após a antecipação das eleições de 2023, em consequência da renúncia ao cargo de primeiro-ministro do ex-presidente do Banco Central Europeu, Mario Draghi. Dentre os cargos, existem vagas para aqueles que moram fora da Itália e representam os seus milhões de imigrantes espalhados pelo mundo.

Ao todo, são duas vagas para representantes da América do Sul e uma delas, atualmente, é ocupada por um ribeirão-pretano, Luís Roberto Lorenzato, que ocupa o cargo de deputado federal destinados à comunidade italiana fora da Europa. O deputado frisa a importância de descendentes de brasileiros votarem. “Nós temos 400 mil eleitores no Brasil, mas poucas pessoas votam. O governo da Itália acaba entendendo que os brasileiros ignoram a votação”.

Lorenzato ainda explica o processo para garantir seus direitos como cidadão italiano: “Se você é descendente e nunca voltou, precisa se inscrever no consulado, apresentar os documentos e obter o registro, se tornando italiano regularizado”, conta o parlamentar.

Nenhuma postagem para exibir