Governo federal libera 12 leitos de UTI para enfrentamento da Covid-19

Hospital chegou a ter 100% dos leitos de Covid-19 ocupados em janeiro; pedido original, entretanto, era de 25 leitos

Imagem Ilustrativa do Hospital das Clínicas em Ribeirão Preto - foto: Reprodução
Continua depois da publicidade

O governo federal liberou, através do Sistema Único de Saúde (SUS), mais 12 leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) para o Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto. A liberação deve ocorrer ainda nesta quinta-feira (14). Cada leito de UTI do SUS significa um aporte de R$ 1,6 mil por dia para o hospital.

No total, portanto, o HC terá quase R$ 20 mil extras por dia. O prazo de reabertura dos leitos é de pelo menos 90 dias, o que significa uma verba extra de R$ 1,8 milhões para o enfrentamento da doença liberada pelo governo federal.

Apesar disso, a liberação foi menor do que os 25 leitos pedidos pelo hospital em 7 de janeiro. Na ocasião, o HC chegou a ficar com todos os 18 leitos disponíveis na UTI para Covid-19 ocupados. A intermediação do contato foi feita pelo deputado federal Ricardo Silva (PSB-SP) e atende ao aumento na demanda por UTIs na cidade, que vive um aumento de casos da doença nas últimas semanas.

Informação

O deputado também já informou o superintendente do Hospital das Clínicas, Benedito Maciel, sobre a liberação. O superintendente foi quem fez o pedido, via ofício, para a intervenção do deputado.

“Recebemos a confirmação do Ministério da Saúde sobre os novos leitos de UTI. Vou continuar lutando muito para que nossa população tenha a melhor estrutura de atendimento diante desta grave pandemia”, afirmou o deputado Ricardo Silva.

Nenhuma postagem para exibir