Em semana caótica, Ribeirão bate recorde de mortes e de novos casos de Covid-19

Nesta terça, foram 33 óbitos e, na segunda, 1,6 mil novos casos da doença na cidade, segundo a prefeitura

Paciente em leito de UTI - Foto: Pixabay

Ribeirão Preto anunciou, nesta terça-feira (8), 33 novos óbitos causados pela Covid-19 na cidade. A informação consta do boletim epidemiológico municipal e é um novo recorde registrado durante a pandemia. Outra marca foi batida na segunda-feira (7), quando a cidade registrou 1,6 mil confirmações de casos da doença.

O recorde anterior havia sido registrado em 6 de abril, quando a cidade anunciou 32 mortes. Nesta segunda-feira (7), o município bateu outra marca inédita ao anunciar as pouco mais de 1,6 mil novas infecções.

Com as novas mortes, Ribeirão já contabiliza, desde o início da pandemia, em março de 2020, 2.282 óbitos causados pela doença.

Já o total de casos chegou a 83.497, um crescimento de 490 novos casos da doença em relação ao número de casos registrados nesta terça-feira (8).

São 21 homens e 12 mulheres entre as novas vítimas, sendo que o paciente mais velho era um homem de 93 anos e o mais jovem uma mulher de 36 anos. Dos 33 óbitos, 27 tinham comorbidades, segundo a prefeitura, e três casos ainda são investigados.

Leitos covid

Segundo a plataforma leitoscovid.org, a taxa de ocupação de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) do município está em 95,05%. Significa que, dos 323 leitos oferecidos, 307 estão em uso.

Nenhuma postagem para exibir