Bolsonaro é multado por participar de ato com motociclistas pelas ruas de São Paulo sem máscara

A multa, no valor de R$ 552,71, também foi registrada para o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes, e o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente, que também participaram do ato.

Foto: Agência Brasil / Amanda Perobelli

Após o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) participa neste sábado (12) de um passeio de moto com apoiadores pelas ruas da capital paulistao Governo do estado de São Paulo informou que multou o presidente por não usar máscara durante a manifestação.

A multa, no valor de R$ 552,71, também foi registrada para o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes, e o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente, que também participaram do ato.

Pela manhã, os motociclistas se concentraram na região da Praça Campo de Bagatele, na zona norte paulistana.Bolsonaro foi ao encontro após participar da cerimônia de entrega de boinas aos estudantes do Colégio Militar de São Paulo. Ao chegar à concentração, foi recebido com gritos de “mito” e posou para fotos com os participantes.

Trajeto

O trajeto passou por grandes avenidas da cidade, como as marginais Tietê e Pinheiros, até ser encerrado no Parque Ibirapuera, na zona sul paulistana. O grupo passou ainda pela Rodovia dos Bandeirantes até a altura do município de Jundiaí, na Grande São Paulo.

A Secretaria de Segurança Pública de Estado de São Paulo informou que 6,3 mil policiais fazem a segurança durante o ato. Segundo a pasta, estão sendo usados viaturas, motocicletas, drones e helicópteros.

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) interrompeu a circulação de veículos em alguns pontos para facilitar o trânsito dos motociclistas. Linhas de ônibus foram desviadas.

Veja no vídeo:

Nenhuma postagem para exibir