Saiba o que pode e o que não pode estar na lista de materiais escolares

Procon de Ribeirão Preto divulgou uma série de recomendações

As aulas nas principais escolas de Ribeirão Preto não voltaram ainda, mas muitos pais já estão comprando os materiais exigidos pelas instituições. Como todo ano, as papelarias ficam cheias e os gastos não são pequenos.

Pensando neste período, o Procon da cidade divulgou uma série de recomendações para que os consumidores não gastem mais do que o necessário. Você sabia que alguns produtos não podem estar nas listas dos alunos?

Confira a entrevista com o chefe do Procon, Feres Junqueira Najm.

 

Nenhuma postagem para exibir