Projeto social do Instituto SEB oferece renda de R$ 300 para famílias carentes em Ribeirão

O projeto tem por finalidade apoiar famílias em situação de vulnerabilidade social e extrema pobreza na cidade de Ribeirão Preto

O projeto Mentoria Social, idealizado pelo Instituto SEB, oferece renda de R$ 300 reais por três ou seis meses para apoiar famílias em situação de vulnerabilidade social e extrema pobreza na cidade. O projeto já beneficiou 100 pessoas, e a meta é chegar a 1.000 pessoas atendidas pelo projeto. “Faz parte campanha hoje 16 comunidades e 34 organizações sociais”, afirmou Gisele, uma das pessoas responsáveis pelo projeto.

“Desde março, a gente já distribuiu 4 mil cestas básicas atendendo 4 mil famílias. Acredita-se em uma estimativa de ter atingido, aproximadamente, 12 mil pessoas e já doamos também 6 mil máscaras de proteção”, continuou. Mentoria social é um programa de capacitação, fortalecimento e auxílio ao terceiro setor para as organizações sociais e movimentos coletivos sociais da cidade. Devido o momento de pandemia, foi lançada a campanha S.O.S Ribeirão Preto e dentro da campanha foi criado o projeto de arrecadação de cestas básicas, a confecção de máscaras, que são doadas para estas famílias, e o adote uma família.

As famílias serão escolhidas por meio de seleção baseados em critérios socioeconômicos, que são: mulher chefe de família, mulher com filhos, desempregada e mulheres sem renda ou renda inferior a suprir com as necessidades básicas. 

Para as visitas, o Mentoria Social contará com a parceria dos Líderes Comunitários das Comunidades: Da Paz, Do Bem, Nazaré Paulista, Porto Ferreira, Locomotiva, Sete Curvas, Descalvado, Família, dos trabalhadores, Itaú, Mangueiras, Brejo, Jardim Progresso, que realizarão as visitas. As visitas as famílias serão realizadas por pessoa escolhida pelo líder comunitário ou por ele mesmo. 

“Nós estamos visitando todas as famílias que são indicadas pelas lideranças das comunidades e por algumas organizações para entender um pouco da realidade dessas famílias para ver se elas se encaixam (nos critérios) para receber o auxilio financeiro. Todas as famílias visitadas tem uma necessidade gigante, moradia muito precária que falta porta, não tem ventilação, falta janela, algumas nem vaso sanitário tem” disse.

Na visita, será preenchida a ficha familiar a fim de colher os dados pessoais de todos os membros da família, o histórico e a realidade da família. Logo após a visita a ficha deve ser encaminha para o Mentoria Social, entregue no Instituto SEB, Rua Mariana Junqueira n° 33, Centro. 

Para mais informações, entrar em contato no e-mail contatomentoriasocial@gmail.com