Miss Universo São Paulo levará peças sustentáveis para o concurso

As 18 candidatas usarão maiôs e biquínis assinados e produzidos pela Beijo do Sol, marca de moda praia que preza pela sustentabilidade na produção

Miss Universo São Paulo Foto: Divulgação

Vestir uma miss não é tarefa fácil. Vestir 18 delas em um ano de pandemia, então, nem se fala. Com o dobro de inovação, o Miss Universo São Paulo 2021 promete um espetáculo pensado para as telas em sua primeira edição sem público presencial e fora da capital do Estado. O figurino será nas cores da bandeira do Estado, incluindo as 90 peças sustentáveis assinadas e produzidas sob medida pela Beijo do Sol para as candidatas paulistas.

Na linha praia, cada uma das misses vestirá dois maiôs, um biquíni e duas saídas (um camisão e uma saia). A produção das peças é feita com estampas digitais, que geram economia de água e causam menos impacto ao meio ambiente. As sobras de tecidos são doadas para artesãos, que confeccionam pulseiras e tapetes por meio de uma parceria socioambiental. O tecido de linha praia demora até 100 anos para se decompor.

Arte Paulista no Interior

O concurso Miss Universo São Paulo acontece no próximo dia 2 de outubro em Ribeirão Preto e terá como tema a “Selva de Pedra”, com cenários e iluminação que levarão a cidade de São Paulo até os espectadores. “Estarão em todo o contexto do espetáculo, no palco e imagens desenvolvidas pela Majó Arquitetura, nos trajes das meninas, nos elementos visuais e no balé”, conta Éder Ignácio, coordenador Miss Universo São Paulo

A escolha pelo evento sem público presencial foi difícil, mas necessária. “Precisamos ainda respeitar o momento preservar a saúde dessas jovens e as nossas. Quando existe planejamento, comprometimento e responsabilidade realizar um evento desse porte mesmo nesse período de retomada acaba sendo mais uma satisfação que preocupação”, afirmou o coordenador Miss Universo São Paulo.

E o show não deve decepcionar a audiência mundial. “Quero entregar um lindo espetáculo ao público. Mulheres lindas sempre! Empoderadas e articuladas mostrando que a beleza acaba sendo subjetiva e o mais importante é saber impactar vidas e inspirar pessoas”, revela Éder Ignácio.

Além da transmissão pela TV Thathi e TV Onix e suas plataformas, o concurso será transmitido pelo “Streaming Soul TV, canal “U Miss”. O alcance é de 196 países e terá tradução simultânea. A vencedora irá representar o Estado de São Paulo no Miss Universo Brasil, do qual sairá a candidata nacional para o Miss Universo em dezembro, em Israel.

Serviço:

Quando: 2 de outubro

Transmissão: a partir das 22h

Onde: Grupo Thathi de Comunicação e plataforma Soul TV, canal U Miss

Nenhuma postagem para exibir