Estado vai pagar auxílio de R$ 330 por mês; veja como pleitear uma das 220 vagas

Serão 10 mil vagas disponíveis para o auxílio-desemprego e pessoas de toda a região de Ribeirão e Franca podem inscrever-se

As inscrições para verificar a elegibilidade no programa de pagamento de auxílio-desemprego do governo do Estado de São Paulo já podem ser feitas na região administrativa de Franca. O governo estadual confirmou que serão 10 mil auxílios a serem liberados dentro do programa Emprego e Renda. Para se inscrever não é preciso pagar nada. Veja em gráfico abaixo onde é possível fazer a inscrição.

“O Governo de SP tem um programa muito bem-sucedido, que são as frentes de trabalho, que agora conta com a bolsa-auxílio e a qualificação profissional”, defendeu o vice-governador Rodrigo Garcia, que está a frente dos anúncios com o afastamento do governador João Dória, recuperando-se da Covid-19.

O programa Emprego e Renda é realizado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico em parceria com os municípios. A ação tem por objetivo reduzir os impactos da pandemia do novo coronavírus entre a população carente em todo estado, proporcionando geração de renda e capacitação.

Quem for selecionado, desempenhará funções nas áreas de zeladoria, limpeza, conservação e manutenção de órgãos públicos municipais. Além do auxílio, o cidadão beneficiado contará com seguro contra acidentes pessoais e realizará cursos de qualificação profissional ou alfabetização oferecidos pelo Centro Paula Souza.

Participação

Para participar do programa Emprego e Renda, o candidato deve estar desempregado há pelo menos um ano, ser maior de 17 anos e residir no Estado de São Paulo por no mínimo dois anos. As inscrições já estão disponíveis e serão feitas em locais definidos pelas prefeituras. A relação completa dos endereços pode ser consultada pelo site.

O bolsista permanece no programa por até nove meses, com jornada de atividades de seis horas diárias, quatro dias por semana, prestando serviços de interesse local. No quinto dia, o inscrito deverá frequentar o curso de qualificação profissional ou alfabetização.

Nenhuma postagem para exibir