Destinação de IR para causas sociais vai até 29 de dezembro

Contribuintes que fazem suas declarações do imposto de renda por deduções, modelo completo, podem destinar até 6% do imposto de renda devido às entidades cadastradas no CMDCA e no CMI

Continua depois da publicidade

Para assegurar que parte do imposto de renda devido à Receita Federal permaneça no município e seja usado em causas nobres, o contribuinte de Ribeirão Preto tem até o dia 29 de dezembro para destinar até 6% do de seu imposto de renda devido às entidades assistenciais ligadas aos conselhos municipais do Idoso (CMI) e da Criança e do Adolescente (CMDCA).

Para contribuir, basta acessar o site dos conselhos, gerar um boleto para recolhimento dos valores e selecionar uma das entidades habilitadas para receber os recursos.

No caso do Conselho Municipal do Idoso (CMI), o link para gerar o boleto é http://www.ribeiraopreto.sp.gov.br/portal/cmi/guia-recolhimento, e são 12 as entidades habilitadas.

Para o Conselho Municipal Criança e do Adolescente (CMDCA), o link é https://www.ribeiraopreto.sp.gov.br/scidadania/crianca/jw27GuiasCmdca.htm, com 75 entidades habilitadas para receber os recursos.

Auditor

Segundo João Pedro de Deus, auditor fiscal da Receita Federal, aposentado e associado fundador do Observatório Social de Ribeirão Preto, a captação de recursos no município aumentou nos últimos 10 anos, mas há um grande potencial desperdiçado.

“Triplicamos o montante de destinação nos últimos anos, mas atingimos apenas 7% do potencial do município em 2019, que era de R$ 40 milhões. Com a pandemia e todos os problemas sociais causados por ela, as entidades assistenciais precisam mais do que nunca da destinação do imposto de renda”.

Ainda de acordo com João Pedro de Deus, que atua voluntariamente nesta causa, os recursos destinados às entidades são deduzidos do total do imposto de renda a pagar ou aumentado no valor da restituição do contribuinte no momento da Declaração de Ajustes, em março e abril de 2021.

Nenhuma postagem para exibir