Tempo seco exige cuidados para a prática de atividades esportivas

Evitar exercícios físicos entre 11h e 15h, além da hidratação, são fundamentais neste período de clima seco em Ribeirão Preto

Defesa Civil alerta para temperatura recorde em Ribeirão - Foto: Divulgação

Com a chegada do tempo seco em Ribeirão Preto, típico da região neste período, é preciso tomar alguns cuidados ao praticar qualquer atividade física, mesmo que seja em casa, por conta da quarentena para combate à pandemia do novo coronavírus – covid-19. Ribeirão está há 23 dias sem registrar chuva.

É comum nesta época, o surgimento de complicações alérgicas e respiratórias e, para não prejudicar a preparação física, é preciso tomar alguns cuidados com a saúde, pois alguns problemas decorrentes do ressecamento das mucosas podem causar sangramento pelo nariz, irritação dos olhos e pele ressecada.

Natália Pastore, médica da Secretária de Esportes, ressalta que os meses de inverno propiciam ao surgimento das doenças respiratórias. “É importante não fazer exercícios intensos, fazer atividades físicas mais leves, evitar os horários de temperatura mais altas, pois a gente perde muito líquido. É importante a hidratação, lavar o nariz com soro fisiológico várias vezes ao dia, colocar humidificador, balde com água ou toalha molhada para ajudar a umidificar os ambientes da casa”, explicou.

Hidratação

A hidratação é fundamental neste período durante o dia todo, não somente durante a atividade física, por isso, aumente o consumo de água durante o dia. Sempre que possível, utilize soro e no colírio para lubrificar as vias aéreas, diminuindo o incomodo respiratório, além de ajudar em uma melhor performasse durante os exercícios.

“A atividade física de baixa intensidade até pode ser feita, como uma caminhada curta, só para manter o movimento, sempre se hidratando muito, mas é preciso evitar as atividades de alta intensidade. Mas as atividades dentro de casa, como uma caminhada na esteira ou uma aula on-line, são melhores que as atividades ao ar livre, pois as pessoas perdem menos líquidos”, disse a Dra. Natália.

Nenhuma postagem para exibir