Ribeirão promoverá estudo inédito para identificar Covid-19 na população

Ação pioneira será mais um instrumento técnico para orientar tomada de decisões e pode servir de modelo para o estado de São Paulo e o Brasil

Foto: Alexandre de Azevedo
Continua depois da publicidade

O prefeito Duarte Nogueira anunciou no final da tarde desta quarta-feira, 29 de abril, a realização de um estudo inédito no próximo final de semana, em que se comemora o Dia do Trabalhador, 1º de Maio, que pretende identificar a ocorrência de casos de Covid-19 na população da cidade.

Promovida em parceira com a Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, Hospital das Clínicas e Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria da Saúde, a ação pioneira vai testar cerca de 700 pessoas para estimar o número atual de infectados pelo vírus Sars-CoV-2, causador da Covid-19, ou que foram recentemente infectados no passado.

“Sexta, sábado e domingo será feito um levantamento com 728 pessoas de Ribeirão Preto, dentre as quais serão selecionadas 685. Serão coletados exames nasais para identificar a presença de carga viral e também amostras de sangue, para que se possa identificar a fase de transição do vírus”, explicou o prefeito Duarte Nogueira.

A ação será realizada por um grupo de profissionais altamente preparados, treinados pela Secretaria da Saúde, Faculdade de Medicina e Hospital das Clinicas, com a utilização de 15 veículos identificados.

Foto: Alexandre de Azevedo

“Ao final desses três dias, teremos um acervo, um conjunto de informações da presença do vírus ou da transitoriedade do vírus, em que tipo de população, em quais regiões da nossa cidade, para que nós possamos fazer tarefas mais específicas de manejo do distanciamento ou de seu recrudescimento, considerando o que a ciência nos orientar, tendo em vista preservar a vida das pessoas e dar passos seguros para retomar a vida na cidade”, complementou Nogueira.

O superintende do Hospital das Clínicas, Dr. Benedito Maciel, destacou a importância do levantamento, que trará elementos para que as autoridades de saúde possam balizar as suas futuras atitudes.

“Nesse estudo, foi feita uma amostragem aleatória, que tem a representatividade de todas as regiões da cidade de Ribeirão Preto. As residências já foram sorteadas, as equipes vão chegar a essas residências identificadas com o crachá do Hospital das Clínicas, vestindo um jaleco colorido, os carros que vão levar essas pessoas também estarão identificados e solicitamos à população que participe e aceite que sejam colhidos os materiais. Será examinada apenas uma pessoa por residência e essa pessoa também será sorteada aleatoriamente”, orientou Maciel.

Segundo o professor Fernando Bellissimo, que conduzirá o estudo, “o levantamento foi desenhado para representar exatamente o que está acontecendo na população como um todo no município Ribeirão Preto. Com base nessas cerca de 700 pessoas, vamos podermos estimar o número atual de infectados pelo vírus Sars-CoV-2 ou que foram recentemente infectados. Essa informação será fundamental para o planejamento das próximas atividades, tanto na questão da saúde quanto na questão do distanciamento social e eventual abertura oportuna das atividades de comércio e indústria. Queria reforçar à população que receba nossos agentes, que lhes deem atenção, porque essa ação é fundamental para toda a população do município nesse momento”.

 

Nenhuma postagem para exibir