Repasse milionário é feito ao Hospital das Clínicas de RP

O processo seletivo será realizado através da Faepa

Foto - Divulgação/HC de Ribeirão Preto

Foi realizado um repasse de R$ 33 milhões para o Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto (SP) por meio de autorização do Governo do Estado de São Paulo, nessa sexta-feira (10), o anúncio foi feito pelo Vice-Governador Rodrigo Garcia (PSDB).

De acordo com o Estado, o investimento irá possibilitar que o hospital contrate 187 técnicos de enfermagem, 98 profissionais de saúde de diversas áreas, 70 enfermeiros e 61 médicos.

Todo o processo seletivo será realizado através da Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Assistência do hospital (Faepa). Ademais, o valor também irá permitir que o hospital amplie em até 20% o atendimento feito pela unidade da região de Ribeirão Preto, também viabilizará o contrato de serviços terceirizados de anestesias.

Na pandemia

Com o início da pandemia de Covid-19, em março de 2020, o HC de Ribeirão Preto foi considerado pelo governo do estado uma referência no que diz respeito ao combate contra o vírus.

Durante o pico da segunda onda da pandemia, as unidades campus e de emergência chegaram a ter lotação de seus 82 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e precisou fechar vagas por falta de médicos.

Foram enviados ao governador João Doria (PSDB), ao vice-governador Rodrigo Garcia (PSDB) e aos secretários estaduais de Saúde, Jean Gorinchteyn, e da Fazenda, Henrique Meirelles, dois ofícios dos deputados federais Ricardo Silva (PSB) e Rafael Silva (PSB).

Entretanto, a escassez de funcionários no HC já ocorria antes da pandemia. Em fevereiro de 2020, quando Ribeirão Preto ainda não havia confirmado casos de Covid-19, o hospital afirmou que poderia perder 130 dos 920 leitos por falta de profissionais disponíveis.

Já com a pandemia instaurada na cidade, o estado realizou no mesmo mês, o anúncio da contratação de 350 funcionários, que começaram seus respectivos trabalhos em março.

Nenhuma postagem para exibir