Projeto aprovado na Câmara autoriza a compra de vacinas de forma independente pela prefeitura em Ribeirão Preto

O projeto, de autoria da vereadora Duda Hidalgo (PT), autoriza o Poder Executivo Municipal a importar e distribuir vacinas contra o Covid-19, independentemente do plano de vacinação do Governo Federal

Profissional da saúde aplica vacina em paciente - Foto: Agência Brasil

Foi aprovado na Câmara Municipal de Ribeirão Preto, durante sessão realizada nesta terça-feira (2), o projeto de lei de autoria da vereadora Duda Hidalgo (PT), que autoriza o Poder Executivo Municipal a importar e distribuir vacinas contra o Covid-19, independentemente do plano de vacinação do Governo Federal.

Essa medida está em conformidade com decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que determinou que os municípios podem ter autonomia na compra dos imunizantes, garantindo a imunização da população.

“É dever desta Casa, enquanto espaço de representação da população, auxiliar a Prefeitura no combate a pandemia em nossa cidade”, disse a vereadora.

O projeto segue para o Executivo Municipal, quando poderá ser sancionado ou vetado pelo prefeito Duarte Nogueira (PSDB).

Problemas na vacinação

Nesta última quarta-feira (3), devido a falta de vacinas na cidade, a Secretaria Municipal de Saúde solicitou para que os idosos de idade entre 85 e 89 anos, que receberam a primeira dose da vacina CoronaVac a partir do dia 11 de fevereiro, desconsiderem a data para recebimento da segunda dose contra Covid-19.

Na terça-feira (2), o agendamento para a vacinação de idosos entre 77 a 79 anos foi encerrado momentos após a entidade disponibilizar a reserva das datas para a imunização devido o baixo número de vacinas disponíveis.

Os idosos do grupo que não conseguiram agendar a aplicação da primeira dose deverão aguardar informações sobre a abertura de nova data para agendamentos.

De acordo com a última atualização, 30.071 pessoas receberam a primeira dose do imunizante e 6.691 receberam a segunda dose em Ribeirão Preto, entre trabalhadores da saúde, idosos em instituições de longa permanência em Ribeirão Preto.

Nenhuma postagem para exibir