Plano SP | Em dia de reclassificação, Ribeirão deve ser mantida na zona laranja pelo governo do Estado

Uma coletiva com o governador João Doria (PSDB) está marcada para às 12h45; apuração feita pelo Grupo Thathi confirmou a informação

Anúncio do Plano São Paulo, no Palácio dos Bandeirantes - Foto: Divulgação
Continua depois da publicidade

A região de Ribeirão Preto, segundo apuração feita pelo Grupo Thathi, deve ser mantida na zona laranja do Plano São Paulo. O anúncio oficial está marcado para ocorrer às 12h45 desta sexta-feira (12), em coletiva com o governador João Doria (PSDB), no Palácio dos Bandeirantes.

Além da região de Ribeirão Preto, nenhuma outra região deve sofrer mudanças na reclassificação do Plano, que determina o grau da quarentena de forma individual de todas as regiões paulistas.

Atividades da zona laranja

De acordo com o Governo Estadual, podem funcionar na fase laranja: academias, salões de beleza, restaurantes, cinemas, teatros, shoppings, concessionárias, escritórios e parques até oito horas diárias, com atendimento presencial limitado a 40% da capacidade e encerramento às 20h.

Boletim Epidemiológico

Ribeirão Preto confirmou, nesta quinta-feira (11), dez novas mortes e 187 casos de Covid-19, de acordo com dados do boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria da Saúde.

No total, desde março, 1.165 pessoas morreram em decorrência do vírus na cidade, enquanto 48.735 foram contaminadas pela doença em Ribeirão Preto.

A taxa de ocupação dos leitos de UTI em Ribeirão Preto, segundo dados da plataforma leitosCovid.Org, é de 76.02%, o que representa 159 leitos ocupados em um total de 196. Ao todo, 109 respiradores estão sendo utilizados.

Em relação aos leitos de enfermaria, a taxa de ocupação é de 58,64%, o que representa 112 leitos ocupados em um total de 191. Nenhum respirador está sendo utilizado.

Nenhuma postagem para exibir