Novembro Azul traz um alerta para os altos índices do câncer de próstata

Em média, 42 homens morrem, por dia, em decorrência da doença e cerca de 3 milhões vivem com ela

Imagem Ilustrativa Foto: Pixabay

Novembro Azul é o nome do movimento internacional que busca a conscientização a respeito do câncer de próstata e da saúde masculina. A campanha, mundialmente conhecida como Movember, visa alertar os homens da importância do diagnóstico precoce. A campanha vem crescendo mais e mais a cada ano, levando informação, promovendo saúde, oferecendo exames e consultas com preços mais acessíveis aos homens, como medida de prevenção e assistência ao paciente com câncer, explica o Dr. Armando dos Santos Abrantes, urologista do Hospital São Lucas.

Um estudo da Sociedade Brasileira de Urologia apontou que 51% dos homens nunca consultou um urologista, que é o especialista no sistema urinário e reprodutor masculino. A campanha Novembro Azul também traz um alerta para os altos índices do câncer de próstata. Segundo dados da OMS- em média, 42 homens morrem, por dia, em decorrência da doença e cerca de 3 milhões vivem com ela, no mundo. Frente a esse cenário, todos os anos, a campanha dissemina informações sobre diagnóstico, tratamento e cuidados necessários. Assim, a ideia é dar continuidade nos trabalhos e projetos de prevenção, conscientização e informação sobre a doença, ressalta o Dr. Armando.

Além de conscientizar a respeito do diagnóstico precoce do câncer de próstata e outras doenças comuns em homens, o Novembro Azul também veio com a ideia de quebrar o preconceito que muitos homens têm em relação ao exame de toque. O exame, que envolve a palpação da próstata pelo ânus é alvo de muitas piadas entre os homens, que costumam fazer uma alusão ao sexo anal. Por conta dos estereótipos da sociedade, muitos pensam que jamais deveriam ter o ânus tocado e muito menos penetrado, mesmo que por um bom motivo. Assim, a campanha do Novembro Azul vem justamente para quebrar esse preconceito e mostrar que compartilhar informações e levantar o tema são medidas necessárias.

O câncer de próstata é o segundo tipo de câncer mais incidente em homens. (primeiro é o de pele) A próstata é uma glândula localizada abaixo da bexiga, à frente do reto. Ela produz até 70% do sêmen, sendo indispensável para a fertilidade. No mundo, esse é o sexto tipo de câncer mais frequente e o segundo mais mortal entre os homens. Estima-se que 1 a cada 6 homens irão sofrer com o problema. A cada 7,6 minutos, um caso é diagnosticado e, a cada 40 minutos, há um óbito por câncer de próstata.

Se eventualmente diagnosticado precocemente, o câncer de próstata deve ser tratado agressivamente, seja por extração cirúrgica, hoje realizada por robótica com poucas ou sem sequelas, ou radioterapia por várias modalidades. O exame anual é única maneira eficiente para diagnosticar o câncer de próstata precocemente, finaliza o Dr. Armando dos Santos Abrantes, urologista do Hospital São Lucas.

Nenhuma postagem para exibir