Mulher de 25 anos que contraiu covid na gravidez morre em Ribeirão

Caso foi divulgado pela prefeitura; total de mortes chega a 689

Samara morreu em decorrência de complicações do covid-19 - Foto: Redes Sociais

Ribeirão Preto divulgou, nesta segunda-feira (21), a morte de uma mulher de 25 anos que adquiriu covid-19 durante a gestação e morreu durante o puerpério. A criança, que se chama Gael, está sob a guarda do pai, sendo que a avó materna está responsável pelos cuidados.

Samara Silva Pinheiro Lemos morreu no Hospital das Clínicas, em 18 de setembro. Ela tinha gestação de risco. No fase final da gravidez, ela foi internada, em 2 de agosto, na Mater, mas, devido a complicações, acabou transferida ao Hospital das Clínicas. O parto ocorreu em 4 de agosto.

No sábado (12), ela chegou a acordar e viu fotos do filho pelo celular, mas logo depois entrou em coma e teve morte encefálica dias depois. Ela foi enterrada no sábado, em Guariba. “Ela ficou 45 dias internadas. A covid debilitou, mas depois teve paradas cardíacas e houve morte cerebral”, afirmou Ruberlan Ribeio, que era companheiro de Samara.

Além da gravidez, considerada um fator complicador para a covid-19, a mulher era obesa e tinha diabetes, de acordo com as informações divulgadas pela prefeitura de Ribeirão Preto.

Mortes

Com o novo caso, o total de mortes chega a 689 na cidade.

Quanto aos casos, a cidade alcançou os 25,6 mil positivos. Os dados constam no boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Saúde. Outros 1,4 mil exames aguardam resultado.

Sobre a ocupação de leitos na cidade, segundo o site leitoscovid.org, atualizada às 17h40 desta quinta-feira, nas Unidades de Terapia Intensivas (UTI) da cidade, o percentual era de 63,5%, enquanto, na enfermaria, a ocupação era de 65,1%.

Nenhuma postagem para exibir