Mesmo com queda, taxa de ocupação dos leitos de UTI em Ribeirão Preto ainda supera 90%

Atualização feita nesta quarta-feira (7) aponta que, do total de 315 leitos de UTI disponíveis na cidade, 289 estão ocupados

Paciente em leito de UTI - Foto: Pixabay

Mesmo após uma semana de queda, a taxa de ocupação dos leitos de UTI em Ribeirão Preto ainda supera 90%. Uma atualização feita nesta quarta-feira (7), pela plataforma LeitosCovid.Org, aponta que, do total de 315 leitos de terapia intensiva disponíveis, 289 estão ocupados.

Sendo assim, a porcentagem de ocupação é de 91,75%. Na última quinta-feira (1°), a taxa de ocupação era de 97,23%. Na ocasião, o município possuía 281 leitos ocupados em um total de 289.

Sobre os leitos de enfermaria, a taxa de ocupação atual é de 78,76%, o que representa 330 leitos ocupados em um total de 419. No início do mês de abril, na quinta-feira (1°), a taxa de ocupação era de 89,63%, o que representa 268 leitos ocupados em um total de 299.

Boletim Epidemiológico

Desde o início da disseminação do vírus na cidade, a Secretaria da Saúde notificou, através do Boletim Epidemiológico, 63,9 mil casos confirmados, 1.605 óbitos e 57,7 mil casos recuperados.

Nesta terça-feira (6), a cidade registrou 32 óbitos decorrentes da Covid-19, sendo este o novo recorde registrado durante a pandemia. Os óbitos ocorreram entre 1º e 5 de abril, sendo que o dia mais fatal foi 25 de março, com sete ocorrências.

Atualmente, a cidade, assim como todo o estado paulista, está classificada na fase emergencial do Plano São Paulo, que deve durar até o dia 11 de abril caso não haja um novo adiamento.

Nenhuma postagem para exibir