Medidas de restrição vão voltar a ser tomadas por região e Ribeirão pode tentar classificação na fase laranja

Anúncio foi feito pelo governador João Doria em entrevista, nesta quinta-feira (22), porém medida passará a valer se estado regredir para fase laranja, após período de transição

Ribeirão Preto pode voltar para a fase laranja de flexibilização do Plano São Paulo com novas medidas de restrição que vão voltar a levar em conta os indicadores de cada região para a Covid-19, de acordo com o governador João Dória, em entrevista à agência Reuters, nesta quinta-feira (22).

Segundo o governador, a mudança ocorre devido a pandemia estar “sob relativo controle”, com taxas de ocupação de leitos, novos casos e óbitos em queda. Em Ribeirão Preto, por exemplo, a taxa de ocupação em leitos de UTI para pacientes com Covid-19 caiu para 82%, o que representa 252 leitos ocupados em um total de 305. Ao todo, 198 respiradores estão sendo utilizados. Já na enfermaria a ocupação é de 71%,  sendo 267 leitos ocupados em um total de 374, com oito respiradores utilizados, segundo a plataforma leitoscovid.org

Segundo o governador, “nós conseguimos, graças às medidas do Plano São Paulo, uma redução no número de pessoas infectadas e, consequentemente, menor ocupação nos chamados leitos primários dos hospitais públicos e privados e uma menor ocupação também nos leitos de UTI”, disse Doria na entrevista. 

Foi com base na queda dos indicadores de morte, internação e novos casos em todo o estado que o Governo decidiu reclassificar todas as regiões do estado para a chamada Fase de Transição, que pode progredir para a Fase Laranja ou regredir para a Vermelha. “Esperamos que as pessoas tenham responsabilidade e tenham consciência que essa abertura depende delas”, disse.

O governador acrescentou ainda que que o plano de quarentena pode voltar a utilizar o modelo regionalizado em futuras flexibilizações. “Essa possível nova etapa –nós não sabemos ainda, temos ainda um período para cumprir, pelo menos uma semana toda– mas já se sabe que, se formos para a Fase Laranja, voltaremos para a análise regional.”

Nenhuma postagem para exibir