Médico morre enquanto esperava mulher na fila da vacina contra Covid-19

Profissional já tinha se vacinado e acompanhou mulher; ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu

Foto: Arquivo Thathi

Um médico morreu, nesta quarta-feira (3), em frente ao Centro Médico de Ribeirão Preto, no Jaridm Irajá, Zona Sul de Ribeirão, enquanto aguardava a mulher ser vacinada. Segundo informações iniciais, a vítima, um gastroenterologista de 52 anos, teve um Acidente Vascular Cerebral e chegou a ser reanimado pelos socorristas, mas acabou não resistindo.

Antonio Marcos Raimondi já havia tomado a vacina contra a Covd-19 na semana passada, em Serrana, e estava no local acompanhando sua mulher, que também é profissional da saúde tomaria a vacina nesta manhã. A cidade começou a vacinar profissionais da saúde autonomos nesta quarta, e houve muitas filas nas unidades onde a vacina era aplicada.

Depois de permanecer no local por alguns minutos com a mulher, na fila, o homem informou que iria atravessar a rua para se abrigar do calor embaixo de árvores e que estava se sentindo indisposto.

Ao atravessar a rua, ele desmaiou. O Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) foi chamado e fez a reanimação, por cerca de meia hora, mas no fim do procedimento o paciente não resistiu.

Outro lado

Em nota, a Secretaria da Saúde informou que o homem teve uma convulsão e, depois, uma parada cardiorrespiratória, e que isso não tem qualquer relação com a vacina.

“[O médico foi] imediatamente foi atendido pela equipe médica do Suporte Avançado do Samu. No atendimento preliminar sofreu uma parada cardiorrespiratória, vindo a óbito (…) a pasta lamenta o fato ocorrido”, disse, em nota, a secretaria.

 

Nenhuma postagem para exibir