Janeiro Roxo é o mês de conscientização sobre a hanseníase

A falta de informação é um dos problemas que dificultam o controle da doença no Brasil

Começou o terceiro Janeiro Roxo, mês de conscientização sobre a hanseníase. Seguindo a tradição dos meses de conscientização sobre saúde, em 2016 o Ministério da Saúde oficializou o mês e adotou a cor roxa. E a Sociedade Brasileira de Hansenologia (SBH) lançou a campanha nacional e permanente “Todos Contra a Hanseníase”.

A doença coloca o Brasil em segundo lugar no ranking dos países com mais casos – ficando atrás da Índia. E a falta de informação – inclusive por parte de profissionais de saúde, alerta a SBH – é mais um dos problemas que dificultam o controle da hanseníase no Brasil.

Confira a entrevista feita pelo repórter Murilo Badessa com a dermatologista e membro da SBH, Helena Lugão. 

Nenhuma postagem para exibir