Internações em UTI explodem e colocam Ribeirão com índices de zona vermelha

Dados divulgados hoje indicam ocupação superior a 85% nas UTIs; cidade teve 696 novos casos durante fim de semana

Paciente diagnosticado com Covid-19 - foto: Bruno Cecim/Ag.Pará
Continua depois da publicidade

Ribeirão Preto apresentou aumento de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e tem índices que permitem a reclassificação para a zona vermelha do Plano São Paulo. A informação consta do boletim leitoscovid.org. A ocupação de UTIs é de mais de 85%, sendo que o limite para a reclassificação é de 80%.

Segundo o site, o total de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) ocupados em Ribeirão, por volta das 17h15, era de 85,19% de um total de 162 unidades. São 132 pacientes internados em UTIs Já na enfermaria, esse total era de 70,11%, sendo 168 vagas existentes.

Com esse índice, a cidade seria classificada na zona vermelha do Plano São Paulo. O plano prevê que as cidades com até 70% de ocupação sejam classificadas na zona amarela, menos restritivas, e que com percentuais entre 70% e 80% fiquem na zona laranja, onde Ribeirão atualmente está. Acima de 80%, a classificação é de zona vermelha.

Para o professor Domingos Alves, especialista da Universidade de São Paulo, a tendência é que o número de casos aumente ainda mais nos próximos dias. “A segunda onda chegou de vez ao Brasil, ao Estado de São Paulo e em Ribeirão Preto. No Brasil, a partir de 5 de novembro, em São Paulo a partir de 9 de novembro e em Ribeirão a partir de 16 de novembro, e ela está sendo amplificada por conta das festas de fim de ano e das aglomerações que nunca deixaram de ser realizadas na cidade”

Dados

A cidade divulgou, nesta segunda-feira (25), sete novas mortes em decorrência da covid-19. No total, o total de vítimas já chega a 1.040 na cidade. Os dados são da Prefeitura de Ribeirão Preto.

Os dados são referentes a sexta-feira, sábado e domingo. A cidade chegou ainda aos 45.126 casos confirmados da doença, um acréscimo de 686 novos casos em relação ao registrado na sexta-feira (22).

Nenhuma postagem para exibir