HC admite superlotação e manda paciente esperar na ambulância

Comunicado foi emitido na quinta-feira; HC afirma que situação é normal

Unidade de Emergência do Hospital das Clínicas - Foto: Lúcio Mendes
Continua depois da publicidade

O Hospital das Clínicas está superlotado. A informação foi divulgada por um diretor da instituição, por e-mail e de forma oficial. Segundo a informação, a Unidade de Emergência estava, na última quinta (10), com superlotação para atendimento de adultos.

O aviso foi encaminhado para o coordenador da Central de Regulação de Ofertas de Serviços de Saúde e, segundo o hospital, faz parte do padrão de comunicação adotado no serviço de saúde em casos similares.

No documento, o diretor da unidade, José Paulo Pintyá, afirma que a superlotação afeta os leitos de enfermaria, recuperação anestésica e CTI (Centro de Terapia Intensiva).

“Solicitamos tempo hábil para que possamos fazer remanejamento e ou transferências quando possível”, aponta o documento, que informa, ainda, que os pacientes que forem encaminhados, mesmo sem vagas, deverão aguardar na ambulância até que ocorram condições de atendimento.

Outro lado

Em nota, o Hospital das Clínicas informou que a oferta de leitos na Unidade de Emergência é dinâmica e muda com frequência.
“Por isso, esclarecemos que documentos como esse fazem parte da rotina da Unidade de Emergência, em relação às suas tratativas com a CROSS [Central de Regulação] e com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência [Samu], no sentido de mantê-los informados sobre a situação da Unidade de Emergência, para evitar deslocamentos de pacientes críticos, que podem ser redirecionados, em tempo hábil, para outros hospitais, que têm condições de absorver a demanda”, esclarece a nota.

Nenhuma postagem para exibir