Governo de SP determina o fechamento do comércio em Ribeirão

Anúncio está sendo feito nesse momento pelo governador João Doria; medida vale a partir de segunda

Foto: Divulgação Governo de São Paulo
Continua depois da publicidade
O governador João Doria (PSDB) anunciou, nesta quarta-feira (10), o fechamento do comércio em Ribeirão Preto, que agora é considerado fase 1 dentro do Plano São Paulo. Segundo o governador, a cidade registrou piora nos índices monitorados pelo governo, especialmente no tocante ao número de mortes e de casos, e deve voltar para a primeira fase da quarentena.”Estudos apresentados apontavam que os casos estabilizariam na região metropolitana e aumentaria no interior do estado. Foi exatamente o que aconteceu. Claramente, temos um aumento de casos em regiões de Barretos, Presidente Prudente e Ribeirão Preto”, afirmou o governador João Dória (PSDB).

Isso significa que o comércio, que hoje abre quatro horas, e os shoppings, devem fechar, assim como imobiliárias e escritórios. A decisão vale a partir da próxima segunda-feira (15) e deve durar pelo menos uma semana. Com o fechamento do comércio em Ribeirão Preto, apenas os serviços essenciais devem continuar funcionando.

O prefeito de Ribeirão Preto Duarte Nogueira (PSDB), notificou sobre um aumento no número de casos positivos e óbitos na cidade, além de 75% de ocupação em leitos exclusivos para pacientes com sintomas de Covid-19, números que motivaram o retrocesso, de acordo com os levantamentos do Plano São Paulo. Na região, nenhum município alcançou os indicadores para a fase 3, onde é permitida a reabertura de bares e restaurantes.

A quarentena no estado de São Paulo, que acabaria nesta segunda-feira (15), foi adiada novamente, agora com previsão para acabar no dia 29 de junho.

Plano São Paulo

O Plano São Paulo, criado pelo governo para a “retomada consciente” avalia os municípios dentro de cinco etapas, que baseiam a flexibilização da quarentena no estado. O Plano classifica as regiões de acordo com os dados levantados pela Secretaria de Saúde e pelo Comitê de Contingência para Coronavírus.

São utilizadas para a classificação de um município dentro do Plano o número de mortes, novos casos de internação, a taxa de leitos de UTI disponíveis e o total de leitos a cada 100 mil habitantes.

Fase 1, vermelha: alerta máximo, funcionamento permitido somente aos serviços essenciais. Esta é a fase que Ribeirão Preto está classificada no momento.

Fase 2, laranja: controle, possibilidade de aberturas com restrições

Fase 3, amarela: abertura de um número maior de setores

Fase 4, verde: abertura de um número maior de setores em relação à fase 3

Fase 5, azul: “Normal controlado” – todos os setores em funcionamento, mas mantendo medidas de distanciamento e higiene

O pronunciamento de Doria acontece nesse momento e atualizaremos as informações.

Nenhuma postagem para exibir