Governo de SP anuncia Dia V, Corujão da Saúde e dose de reforço para profissionais de saúde

Anúncios foram realizados pelo governador de São Paulo, João Dória, durante entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes

Diversos anúncios relacionados a saúde foram realizados nesta quarta-feira (29) Foto: F L Piton.

O Governo de São Paulo anunciou nesta quarta-feira (29) o Dia V, que será uma mobilização voltada para aplicar segundas doses de vacinas em 645 municípios do estado, a retomada do Corujão da Saúde, que será focado na área de Oncologia para agilizar o diagnóstico e tratamento de pacientes com câncer e a terceira dose (também chamada de dose de reforço) para profissionais da saúde de São Paulo.

Os anúncios foram realizados durante uma entrevista coletiva dada pelo governador João Dória no Palácio dos Bandeirantes.

Dia V

O Dia V de vacinação contra a Covid-19 acontecerá neste sábado (2) e é uma iniciativa em parceria com todos os 645 municípios do estado de São Paulo para a aplicação da segunda dose da vacina e a atualização dos registros na plataforma VaciVida.

“O ‘Dia V’ é uma grande oportunidade para quem está com a segunda dose da vacina atrasada e agora poderá se vacinar. Todas as equipes municipais e estaduais estarão integradas, contribuindo para que o ‘Dia V’ seja um grande sucesso”, afirmou Doria.

Mais de cinco mil pontos de vacinação no estado estarão abertos das 7h às 19h para a aplicação exclusivamente destas doses neste sábado.

Corujão da Saúde

O Corujão da Saúde é uma mobilização voltada para o diagnóstico e tratamento de pacientes com câncer. A medida visa atender uma demanda reprimida de 335 mil exames de mais de onze tipos diferentes em diversas especialidades que foram cadastrados pelos municípios na Cross (Central de Regulação e Oferta de Serviços de Saúde) até o dia 31 de agosto. Além disso, o programa também irá oferecer 19,1 mil sessões de radioterapia para o tratamento de 1 mil pacientes.

Os exames incluem endoscopias (cerca de 18,4 mil procedimentos), colonoscopias (11,1 mil), retossigmoidoscopias (1,5 mil), tomografias computadorizadas (180,5 mil), ultrassonografias (28,5 mil), biópsias (6,5 mil) e ressonâncias magnéticas (88,8 mil). Por meio deles, poderão ser diagnosticados câncer do aparelho digestivo, tireoide, próstata, cérebro, pulmão e de pele.

O início na rede privada está previsto a partir do dia 11 de outubro. Até o momento, 50 hospitais de todo o estado já estão confirmados para os atendimentos. Um chamamento público complementar para contratação dos serviços está em andamento, com prazo até 1º de outubro para cadastro de serviços privados interessados em participar do programa.

Terceira Dose

Também foi anunciada a aplicação da terceira dose contra a Covid-19 para todos os profissionais da saúde no estado de São Paulo. Com início previsto na próxima segunda-feira (4), cerca de 1 milhão de trabalhadores da saúde poderão receber o reforço na imunização.

A dose extra é disponibilizada aos profissionais que tomaram a segunda dose há pelo menos seis meses.

Os grupos acima de 80 anos e imunossuprimidos já entraram na estratégia em semanas anteriores e, desde segunda-feira (27), a oferta das doses está em curso para pessoas de 70 a 79 anos. Os que têm entre 60 e 69 anos serão contemplados entre os dias 4 e 10 de outubro.

Nenhuma postagem para exibir