Funcionária pública relata problema ao agendar vacina para filho com 25 anos recém-completados

Ela diz que, ao preencher os dados, aparece um comunicado afirmando que é permitido para pessoas com data de nascimento maior que 16/08/1995

Vacina Oxford, da AstraZeneca - Foto: Agência Brasil

A Prefeitura de Ribeirão abriu, nesta sexta-feira (13), mais um agendamento para a primeira dose da vacina contra Covid-19. Contudo, alguns munícipes que completaram 25 anos recentemente, estão enfrentando problemas na hora de se cadastrarem.

É o caso de uma funcionária pública, que não quis se identificar, que, ao tentar buscar uma vaga para o filho se imunizar, não obteve sucesso. “Fui tentar fazer o agendamento, porque ele não estava conseguindo usar a internet. Só que na hora aparece uma mensagem falando que só pode ser pessoas até 16 de agosto de 1995”, disse ela.

O rapaz fez 25 anos no dia 4 de julho. Contudo, no período de tempo informado no comunicado, os cidadãos completarão 26. No portal da Prefeitura consta a informação de que um dos requisitos para o preenchimento das vagas seria ter 25 anos ou mais. As inscrições foram abertas às 8h30, oferecendo 6 mil oportunidades.

A administração municipal foi procurada e afirmou que é necessário ter 25 os completos e, caso o requisito não for preenchido, os munícipes deverão aguardar novas vagas, com o envio de novas doses pelo Governo de São Paulo.

“O agendamento de vacinação contra Covid aberto é para pessoas com “25 anos ou mais”, portanto, é necessário ter 25 anos completos. Para outras idades inferiores, a orientação é aguardar o chamamento para novo agendamento. A Secretaria Municipal da Saúde segue o calendário de vacinação do Governo do estado de São Paulo, que é responsável pelo envio das doses aos municípios paulistas”, diz o texto.

Nenhuma postagem para exibir