Estado de SP começa a vacinar pessoas de 45 a 49 anos com comorbidades

Expectativa é de que 695 mil pessoas recebam o imunizante

Pixabay

O estado de São Paulo começa a vacinar pessoas de 45 a 49 anos com comorbidades e pessoas com deficiência permanente que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC), a partir desta sexta-feira (21). A expectativa é de que 695 mil pessoas recebam o imunizante, das quais 670 mil com comorbidades e 25 mil com deficiência.

Para receber a vacina é necessário apresentar documento de identificação (preferencialmente CPF – Cadastro de Pessoa Física) e comprovante de condição de risco (exames, receitas, relatório ou prescrição médica), contendo a inscrição do médico no Conselho Regional de Medicina. 

Já os beneficiários do BPC precisam apresentar o comprovante do recebimento do benefício,  documento de identificação (preferencialmente CPF), comprovante da deficiência (laudo médico que indique a deficiência; cartão de gratuidade no transporte público indicando a deficiência; documentos comprobatórios de atendimento em centros de reabilitação ou unidades especializadas no atendimento de pessoas com deficiência e documento oficial de identidade com a indicação da deficiência). 

Gestantes

Na segunda-feira (17) foi retomada a vacinação de grávidas e puérperas maiores de 18 anos com comorbidades, com doses da Pfizer e CoronaVac, após a suspensão da imunização desse grupo com doses da AstraZeneca/Oxford, depois do relato de efeitos adversos. Também foi liberada a vacinação de profissionais da saúde autônomos com mais de 30 anos. 

Na terça-feira (18), começaram a ser vacinados motoristas e cobradores de ônibus. Na próxima semana, a partir do dia 28, deve começar a vacinação de pessoas de 40 a 44 com comorbidades ou com deficiência permanente que recebem o BPC.

Nenhuma postagem para exibir