Bebê de grávida que morreu pela Covid-19 sobrevive em Ribeirão

A criança e mais dois filhos estão sob os cuidados da avó

Imagem ilustrativa de um bebê - Foto: Divulgação

A filha de uma das gestantes que tiveram a morte por Covid-19 confirmada nesta segunda-feira (7) em Ribeirão Preto está viva e cresce sob os cuidados de sua avó materna. A informação foi divulgada pelo A CidadeON.

Letícia Oliveira, 26, era uma das duas gestantes que tiveram a morte anunciada ontem pela prefeitura de Ribeirão Preto. O parto foi realizado no mês de abril. Ela estava no oitavo mês de gestação quando foi internada em um hospital da rede pública, mas acabou não resistindo à doença e morreu no último dia 2.

Além da criança, a mulher deixa também mais dois filhos, que, assim como a irmã, estão sob a responsabilidade da avó, mãe de Letícia, que já auxiliava nos cuidados para que a jovem pudesse trabalhar.

A moça estava internada na rede pública e não tinha comorbidades. A morte foi confirmada como sendo causada por Covid-19 no boletim epidemiologico desta segunda-feira (7), cinco dias depois do óbito.

Mortes

No acumulado, desde o início da crise sanitária, em março de 2020, três gestantes já morreram na cidade, sendo dois óbitos confirmados no mês de junho de 2021. 

Nesta semana, Ribeirão bateu recordes tanto de mortos quanto de novos casos confirmados da doença em um único dia. Foram registradas 1,6 mil novas infecções, na segunda e, nesta terça-feira (8), a cidade registrou a marca de 33 óbitos.

Nenhuma postagem para exibir