Dezembro Laranja: se exponha, mas não se queime

Campanha incentiva ir além do protetor solar com prática de fotoproteção em diversas formas

senior couple in love forever together have joy stay hugged on the ocean coast in tenerife. enjoyng vacation with freedom and hippy style clothes. nice lifestyle for aged people

Dezembro é o mês da chegada do Verão e das férias escolares, é também mês de conscientização sobre o câncer de pele. Além da detecção rápida do problema, que se identificado no começo tem uma chance de cura 90% maior, a campanha Dezembro Laranja de 2021 quer destacar que só o protetor solar hoje em dia não basta. O uso de barreiras físicas, como óculos escuros, chapéus de abas largas e roupas que cubram boa parte do corpo, são agora essenciais na nossa nova realidade.

“A radiação solar está muito forte em todos os horários e lugares. E não é só na praia que devemos evitar o sol das 10h às 16h e usar outras formas de proteção junto com o filtro solar”, reforça a médica Flávia Villela, especialista em dermatologia e estética. Para ela, é preciso atenção redobrada com crianças, que estão sendo treinadas para a prática de proteção, e com idosos, por serem um grupo de alto risco.

Tipos de mancha corporal – Foto: Divulgação

Idosos: pele sensível

“A pele de um idoso é mais fina, já acumulou exposição solar de uma vida toda. É preciso uma higiene adequada, com cuidado para não ressecar mais esse tecido mais sensível e menos renovado”, afirma a especialista. Outra dificuldade com esse grupo são os hábitos culturais consolidados, mais difíceis de mudar.

Segundo a médica, a geração que nasceu nos anos 60 passou a adolescência nos anos 80, nessa época o bronzeamento não era feito com nenhum tipo de proteção e por isso é mais difícil convencê-los  a usar chapéu com abas largas. Ainda assim, destaca que é preciso reforçar a importância da prevenção do câncer com fotoproteção múltipla para todas as idades, principalmente os idosos. 

Este ano, a especialista palestrou voluntariamente no Lar Padre Euclides em outubro, onde reforçou alguns cuidados para esse público. Usar água abundante e evitar deixar resíduos de sabonete e shampoo é muito importante para não causar lesões na pele que já começa a ficar fragilizada pelo tempo. 

Outra dica valiosa é hidratar corpo e rosto sempre depois do banho e vinte minutos antes de passar o protetor solar. “Depois de passar o protetor, esperar ainda 30 minutos antes de vestir as roupas e ir para o sol. É um ritual antes da exposição solar. Já sabe que tem piscina ou praia na programação? Vai ficar ao ar livre por muito tempo? É importante ter esses hábitos de saúde”, aponta Flávia. 

Fotoproteção

Há dois tipos de proteção: as de barreira química (protetores solares) e as de barreira física (chapéus, camisetas e óculos com bloqueadores de raios UV). É importante também utilizar filtro solar com fator de proteção solar (FPS) igual ou superior a 30, a ser reaplicado a cada duas horas.

O que é Dezembro Laranja?

A campanha Dezembro Laranja foi lançada em 2014 pela Sociedade Brasileira de Dermatologia(SBD). A proposta é estimular a conscientização da população e de grupos de risco sobre a importância em prevenir e diagnosticar precocemente o câncer da pele.

A iniciativa faz parte da Campanha Nacional de Prevenção ao Câncer da Pele e acontece sempre no último mês do ano em parceria com instituições públicas e privadas. Há cerca de 180 mil novos diagnósticos de câncer de pelo no Brasil ao ano, segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca), órgão federal ligado ao Ministério da Saúde.

Nenhuma postagem para exibir