“Deus me viu lá no fundo e me puxou de volta”, diz paciente que teve covid-19 e recebeu alta após 66 dias de internação

Alta médica foi comemorada por equipe do Hospital São Francisco e por familiares

Marisa recebeu alta depois de vencer o covid-19 - Foto: Reprodução

A equipe médica do Hospital São Francisco celebrou nesta sexta-feira (25) a alta médica da paciente Marisa Dalsico, 41, internada por covid-19. Ela permaneceu 66 dias necessitando de cuidados intensivos.

Na manhã desta sexta-feira (25), ela teve alta médica e foi recebida com uma grande festa por familiares, amigos e toda a equipe do Hospital São Francisco.

Marisa deu entrada no hospital no dia 22 de julho. Com o quadro grave, ela precisou ser entubada e transferida para o Centro de Terapia Intensiva (CTI), onde permaneceu até o dia 8 de setembro. Nesta data, ela foi transferida para o quarto, com traqueostomia ainda em Bipap.

“Eu não tenho palavras. Acho que Deus me deu uma nova chance. Ele viu eu lá no fundo e me puxou de volta. Falou que não era hora. Me deu uma nova chance, uma nova oportunidade”, disse ela, emocionada, ao receber a alta, em entrevista exclusiva do Grupo Thathi de Comunicação.

Orgulho

Para o superintendente Nacional de Rede Própria do Sistema Hapvida, que responde pelo São Francisco, Anderson Nascimento, cada paciente que sai recuperado do hospital é uma alegria.

“Nesse momento, lutamos para salvar vidas e todas elas merecem comemoração. Quando uma pessoa sai do hospital com seu estado de saúde bem, toda a equipe fica bem junto, é uma melhora coletiva. Continuaremos na luta contra a Covid-19”, conclui

Nenhuma postagem para exibir