Covid mata criança de seis meses em Ribeirão

É a vítima mais nova na cidade e a primeira com menos de um ano

Foto: Getty Images

A vítima mais nova da Covid-19 em Ribeirão não pode completar nem seu primeiro ano de vida. Trata-se de um menino de seis meses, com doença cardiovascular crônica que teve sua morte confirmada pelo Boletim Epidemiológico desta terça-feira (15).

Esta é a primeira criança na faixa etária (de 0 a 1 anos), desde o início da crise sanitária. Com os dados de hoje, a cidade registrou pela segunda vez no mês, a vítima mais nova do novo coronavírus.

No último dia 2, foi confirmado, pela Secretaria de Saúde, o óbito de uma menina de dois anos que tinha doença neurológica crônica. Agora, Ribeirão conta com quatro mortes de crianças de 0 a 9 anos de idade.

A informação vem um dia após o recorde de óbitos, registrados pela doença, na cidade.

Mais dados

Além do bebê, morreram mais 24 pessoas, sendo que cinco delas não possuíam comorbidades. Do total registrado hoje, eram 16 homens e oito mulheres. A vítima mais velha possuía 89 anos.

De 2020 a 2021, Ribeirão já alcançou a marca de 2.401 vidas perdidas. Deste montante, mais da metade ocorreram neste ano, com 1.337 ocorrências.

Quanto as novas infecções, testaram positivo 523 pessoas. Do inicia da pandemia na cidade, até o semestre deste ano já são 87.352 testes positivos.

Leitos Covid

Segundo a plataforma leitoscovid.org, a taxa de ocupação de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) do município está em 92, 00% Significa que, dos 325 leitos oferecidos, 299 estão em uso.

Já as enfermarias dentre os 359 leitos oferecidos não estão disponíveis 311, isso corresponde ao percentual de 86,63% do total oferecido.

Nenhuma postagem para exibir