Conflito entre Bolsonaro e Dória atrapalha combate ao coronavírus, afirmam especialistas de Ribeirão

José Sebastião dos Santos, ex-secretário da Saúde de Ribeirão, e Mário Pascarelli, especialista em administração pública, comentaram o atual momento brasileiro

Programa Interação reuniu especialistas em saúde e administração pública - Foto: Reprodução

O conflito de ideias entre o governador João Dória (PSDB) e o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afeta diretamente o combate ao coronavírus no país. Essa é a conclusão do médico e gestor público José Sebastião dos Santos, ex-secretário de Saúde de Ribeirão Preto, e do professor de administração pública Mário Pascarelli.

A análise foi feita durante o programa Interação desta quinta-feira (26), comandado pelo jornalista Eduardo Schiavoni, no Grupo Thathi de Comunicação.

Segundo Santos, as posições antagônicas causam reflexos no atendimento prestado à população. “Tanto o presidente quanto os governadores de São Paulo e do Rio estão embaralhando o que a gente tem que fazer. Os demais governadores estão ajudando, mas, nesses casos, está efetivamente atrapalhando”, disse José Sebastião dos Santos, médico do Hospital das Clínicas e ex-secretário da Saúde em Ribeirão Preto.

Pascarelli concorda e afirma que a população pobre, menos esclarecida, acaba sendo a maior afetada. “Eles veem o presidente dizendo pra sair às ruas, acabam achando que é uma coisa normal”, conta.

Mesma língua

Ainda segundo Pascarelli, é essencial que as autoridades passem a falar a mesma língua. “Nesse cenário que estamos vivendo, as diferenças políticas já deveriam ter sido colocadas de lado há muito tempo. O que está se fazendo, mais uma vez, é o nós contra eles”.

Ele ainda criticou o pronunciamento de Jair Bolsonaro, realizado na terça-feira. “O presidente, com todo o meu respeito, deveria melhor se assessorar, ouvir o ministro da Saúde, que tem feito um trabalho exemplar, e não ficar falando de coisas que ele não entende. Esse último pronunciamento dele embaralhou muito as cartas”, afirma o especialista em administração pública Mário Pascarelli.

Nenhuma postagem para exibir