Comitê de Saúde recomenda aumento de restrições no Plano SP

O governador João Doria (PSDB) deve analisar os indicadores de saúde do estado apenas na segunda-feira (30), um dia depois do segundo turno das eleições municipais

Anúncio do Plano São Paulo, no Palácio dos Bandeirantes - Foto: Divulgação
Continua depois da publicidade

O Comitê de Saúde, que é responsável pela análise dos dados da Covid-19 no Estado para a classificação no Plano SP, recomendou, nesta terça-feira (24), o aumento de restrições no plano de reabertura econômica. 

João Doria (PSDB), anunciou uma nova análise e consequentemente uma nova atualização nas fases de classificação para a próxima segunda-feira (30), um dia depois do segundo turno das eleições municipais. 

“Terça-feira houve uma reunião do centro de contingência – e o centro de contingência, por maioria, aprovou encaminhar ao governo do estado algumas recomendações que dizem respeito ao aumento de restrições”, afirmou, nesta quinta-feira (26), João Gabbardo, médico e coordenador executivo do Centro de Contingência contra o novo coronavírus em São Paulo.

Boletim Epidemiológico

Segundo informações do Boletim Epidemiológico, divulgado nesta quinta-feira (26) pela Secretaria Municipal da Saúde, estão confirmados 33.588 casos de Covid-19 em Ribeirão Preto. Foram descartados 43.724 exames, e 1.176 ainda aguardam o resultado. 

Informações obitidas através da plataforma LeitosCovid.Org afirmam que 41,46% dos leitos de UTI estão ocupados, enquanto a ocupação dos leitos de enfermaria é de 38,41%. 

Ao todo, 890 pessoas morreram em decorrência da doença em Ribeirão Preto. 

Nenhuma postagem para exibir