Com doença neurodegenerativa, jovem de 18 anos precisa de ajuda

Sem tratamento específico para a cura, a síndrome de Wolfram afeta aproximadamente uma a cada 500 mil pessoas

Fernanda Reis - foto: Instagram @fermreis01

A síndrome de Wolfram é uma doença neurodegenerativa, ou seja, a doença é progressiva e vai gerando muitos problemas nos nervos do sistema nervoso central e no sistema nervoso periférico. A síndrome afeta aproximadamente uma a cada 500 mil pessoas.

O diagnóstico da doença é extremamente difícil, pois os sintomas aparecem gradativamente durante toda a vida. 

Natural de Ribeirão Preto, Fernanda Reis, jovem de 18 anos, foi diagnosticada quando tinha dois anos de idade devido a Diabetes Mellitus tipo um. Sem o cuidado médico, a doença pode evoluir e contribuir para a atrofia do nervo óptico, baixa visão, perda auditiva e dificuldades de locomoção.

Vakinha

A doação de dinheiro tem como único objetivo um bom tratamento para a Fernanda, seja com médicos que tratam esta síndrome, óculos adequado a sua visão , medicamentos, consultas, exames, locomoção e também para participar do 1º Evento desta Síndrome no Brasil que acontecerá no dia 16/04/2020 na cidade de Porto Alegre (RS).

“Meu tratamento é feito com remédio importado, que se chama Ibenenone. Ele é bem caro, e devido nossas condições financeiras, não temos dinheiro para fazer o tratamento adequado, então este é o principal motivo da vakinha”, disse Fernanda.

“Além de pedir a ajuda de vocês, eu quero que vocês torçam para a minha melhora”, finalizou.

Para realizar uma doação, clique aqui.

Nenhuma postagem para exibir