Após 106 dias internado com Covid-19, técnico de enfermagem recebe alta em Ribeirão Preto

Luciano Marcelo da Silva, de 42 anos, foi liberado nesta quarta-feira (30)

Foto: Arquivo pessoal

Depois de 106 dias internado por complicações da Covid-19, o técnico de enfermagem Luciano Marcelo da Silva, de 42 anos, recebeu alta médica nesta quarta-feira (30), em Ribeirão Preto.

Luciano, que trabalha em dois hospitais da cidade, começou a apresentar os sintomas do novo coronavírus no dia 16 de junho de 2020 e, de acordo com a irmã, Patrícia Alessandra, o técnico de enfermagem foi ao Hospital Estadual e realizou o exame, testando positivo para a doença.

“No dia 16 de junho, ele se sentiu mal e foi para a UBDS da Vila Virgínia. No local, foi solicitado exames de raio-x de tórax , e mostrou que os pulmões estavam 60% comprometidos. Nesse momento, já foi solicitado a internação dele”, explica Patrícia.

No mesmo dia, Luciano foi transferido da emergência para a ala da Covid-19, onde ficou internado por dois dias. Em seguida, foi encaminhado para a unidade respiratória. Na madrugada do dia 19 para 20 de junho, o técnico foi entubado e, após 22 dias, precisou passar por uma traqueostomia.

Casado, pai de dois filhos e avô de uma menina, Luciano permaneceu por 75 dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital, e no dia 29 de agosto foi transferido para o quarto.

“Foram muitos altos e baixos, a ponto de acharmos que ele nem iria voltar para casa, pois a cada dia que recebíamos o boletim médico só tinha pioras. Nunca perdemos a fé, foram dias de muitas orações, recebendo apoio de muitos amigos, familiares e até mesmo de pessoas que nem conhecíamos”, conclui a irmã.

*Contém informações de Revide.

Nenhuma postagem para exibir